Carlo Rubbia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Carlo Rubbia Medalha Nobel
Física
Nacionalidade Itália Italiano
Nascimento 31 de Março de 1934 (80 anos)
Local Gorizia
Atividade
Campo(s) Física
Conhecido(a) por Bósons W e Z
Prêmio(s) Nobel prize medal.svg Nobel de Física (1984)
Notas Membro da Pontifícia Academia das Ciências

Carlo Rubbia (Gorizia, 31 de Março de 1934) é um físico e politico italiano.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Recebeu o Nobel de Física de 1984, por contribuições fundamentais que levaram à descoberta dos bósons W e Z, mediadores da interação fraca. Desde 14 de dezembro de 1985 faz parte da Pontifícia Academia das Ciências.

Foi director do CERN- Organização Europeia para a Investigação Nuclear entre Janeiro de 1989 e Dezembro de 1993.

Atualmente seus esforços concentram-se no desenvolvimento de tecnologias para fontes de energia renováveis.

Senador vitalício[editar | editar código-fonte]

Em 30 de agosto de 2013 foi nomeado, pelo presidente Giorgio Napolitano, senador vitalício juntamente com Elena Cattaneo, Renzo Piano e Claudio Abbado[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Subrahmanyan Chandrasekhar e William Alfred Fowler
Nobel de Física
1984
com Simon van der Meer
Sucedido por
Klaus von Klitzing
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.