Martin Ryle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Martin Ryle Medalha Nobel
Astronomia
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Nascimento 27 de setembro de 1918
Local Brighton
Morte 14 de outubro de 1984 (66 anos)
Local Cambridge
Atividade
Campo(s) Astronomia
Orientador(es) John Ashworth Ratcliffe
Conhecido(a) por Radioastronomia, Astrônomo Real Britânico
Prêmio(s) Medalha Hughes (1954), Guthrie Lecture (1964), Medalha de Ouro da RAS (1964), Medalha Henry Draper (1965], Prêmio Holweck (1965), Medalha Faraday (1971), Medalha Real (1973), Nobel prize medal.svg Nobel de Física (1974), Medalha Bruce (1974)

Martin Ryle FRS[1] (Brighton, 27 de setembro de 1918Cambridge, 14 de outubro de 1984) foi um físico e astrofísico do Reino Unido.

Recebeu o Nobel de Física de 1974, pela invenção e aplicação da técnica de abertura sintética.

Referências

  1. doi:10.1098/rsbm.1986.0016
    Esta citação será automaticamente completada em poucos minutos. Você pode furar a fila ou completar manualmente

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Edward Bullard
Medalha Hughes
1954
Sucedido por
Harrie Massey
Precedido por
Harry Hemley Plaskett
Medalha de Ouro da Royal Astronomical Society
1964
com William Maurice Ewing
Sucedido por
Edward Bullard e Gerald Maurice Clemence
Precedido por
Richard van der Riet Woolley
Astrônomo Real Britânico
1972 — 1982
Sucedido por
Francis Graham-Smith
Precedido por
Wilfrid Bennett Lewis, Francis Crick e Derek Barton
Medalha Real
1973
com Edward Abraham e Rodney Porter
Sucedido por
Sydney Brenner, George Edwards e Fred Hoyle
Precedido por
Leo Esaki, Ivar Giaever e Brian David Josephson
Nobel de Física
1974
com Antony Hewish
Sucedido por
Aage Niels Bohr, Ben Roy Mottelson e Leo James Rainwater


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.