Henry Kater

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Henry Kater
Física
Nacionalidade Inglaterra Inglês
Nascimento 16 de abril de 1777
Local Bristol
Morte 26 de abril de 1835 (58 anos)
Local Londres
Atividade
Campo(s) Física
Prêmio(s) Medalha Copley (1817), Medalha de Ouro da RAS (1831)

Henry Kater (Bristol, 16 de abril de 1777Londres, 26 de abril de 1835) foi um físico inglês de ascendência alemã.

Vida[editar | editar código-fonte]

Henry Kater pretendia estudar direito, mas com o falecimento do pai em 1794 foi para o exército, recebendo uma comissão no "12º Regimento a Pé", na época estacionado na Índia, onde foi auxiliar de William Lambton no Grande Projeto de Topografia Trigonométrica. Por ter adoecido foi obrigado a retornar para a Inglaterra. Em 1808, então tenente, iniciou a estudar no departamento sênior da Real Academia Militar de Sandhurst. Pouco tempo depois foi promovido a capitão. Em 1814 aposentou-se com meio soldo, dedicando o resto de sua vida à investigações científicas.

Cientista[editar | editar código-fonte]

Sua primeira grande contribuição à ciência foi a comparação dos méritos entre os telescópios Cassegrain e gregoriano; Kater constatou que o segundo é de qualidade inferior.[carece de fontes?]

Seu trabalho mais substancil foi a invenção do pêndulo de Kater, possibilitando a determinação da força gravitacional, primeiramente em Londres e depois em vários outros observatórios do país. Como invento do colimador flutuante, Kater prestou um grande serviço à astronomia.[1] Ele também publicou memórias[2] sobre padrões de comprimeno e massa britânicos, e em 1832 publicou um relato de seu trabalho sobre a verificação dos padrões russos de comprimento. Por estes serviços à Rússia recebeu em 1814 a Ordem de Santa Ana. Neste mesmo ano foi eleito Membro da Royal Society, e em 1826 foi eleito membro estrangeiro da Academia Real das Ciências da Suécia.

Recebeu a Medalha Copley em 1817 e a Medalha de Ouro da Royal Astronomical Society em 1831.

É considerado o inventor da bússola prismática, patenteada um ano depois por Charles Schmalcalder. Também estudou agulhas de bússolas, e sua Bakerian Lecture[3] contém o resultado de diversos experimentos. O tratado sobre "mecânica" na enciclopédia de Dionysius Lardner foi parcialmente escrito por ele, e seu interesse em questões exclusivamente astronômicas é demonstrado por duas comunicações às memórias da Astronomical Society de 1831–1833 — a primeira sobre uma observação dos anéis externos de saturno e a segunda sobre um método de determinação de longitude com auxílio de eclipse lunar.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Obituários[editar | editar código-fonte]


Precedido por
David Brewster
Medalha Copley
1817
Sucedido por
Robert Seppings
Precedido por
William Richardson e Johann Franz Encke
Medalha de Ouro da Royal Astronomical Society
1831
com Marie-Charles Damoiseau
Sucedido por
George Biddell Airy


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.