Friedrich Georg Wilhelm Struve

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de de:Friedrich Georg Wilhelm Struve. Ajude e colabore com a tradução.


Friedrich Georg Wilhelm Struve
Astronomia
Nacionalidade Alemanha Alemão
Nascimento 15 de abril de 1793
Local Hamburgo
Morte 23 de novembro de 1864 (71 anos)
Local São Petersburgo
Atividade
Campo(s) Astronomia
Alma mater Universidade de Tartu
Prêmio(s) Medalha de Ouro da RAS (1826), Medalha Real (1827)

Friedrich Georg Wilhelm Struve (Hamburgo, 15 de abril de 1793São Petersburgo, 23 de novembro de 1864) foi um astrônomo alemão.

Publicou trabalhos fundamentais sobre estrelas duplas e realizou inúmeras medições geodésicas, dentre outras realizações.

Também conhecido por Wilhelm Struve, Wilhelm von Struve ou Friedrich Wilhelm Struve, e no alfabeto cirílico: Василий Яковлевич Струве, pai do também astrônomo Otto Wilhelm von Struve, que foi seu sucessor no observatório de Pulkowo, nas imediações de São Petersburgo.

Vida e obra[editar | editar código-fonte]

Filho de Jakob Struve (1755 — 1841), irmão do médico Ludwig August Struve.

Em 1808, com quinze anos de idade, iniciou os estudos de Filologia na Universidade de Tartu (na época Dorpat), na Estônia, pertencente então à Rússia tsarista. Após alguns semestres mudou seus estudos para matemática e astronomia, completando-os com doutoramento em 1813, sendo em seguida professor extraordinário de astronomia e responsável pelo observatório de Dorpat.

Em 1818 obteve a cátedra de professor, e em 1820 foi diretor do observatório de Dorpat. De 1814 a 1821 foi professor de matemática. Em 1824 foi inaugurado um telescópio refractor, instalado por Joseph von Fraunhofer, com 24,4 cm de abertura. Struve realizou observações intensivas de estrelas duplas, descobrindo muitas delas.


Condecorações[editar | editar código-fonte]

Struve recebeu por suas pesquisas inúmeras condecorações. Obteve em 1826 a Medalha de Ouro da Royal Astronomical Society. A Royal Society condecorou-o em 1827 com a Medalha Real.

Em memória da família de astrônomos Struve uma cratera lunar e um asteroide (768 Struveana) foram batizados em sua lembrança.

Descendentes[editar | editar código-fonte]

De seu casamento com a primeira mulher nasceram:

Do segundo casamento descendem:

Seu sobrinho Pjotr Berngardowitsch Struve (filho de Bernhard Wilhelm von Struve) é presumivelmente o membro da família Struve mais conhecido na Rússia. Ele foi um dos primeiros marxistas, publicando em 1898 o manifesto do Partido Social Democrata dos Trabalhadores da Rússia. Posteriormente mudou de posição e defendeu a democracia constitucional na Duma. Durante a Guerra Civil Russa foi aliado do Exército Branco, sendo ministro de Pyotr Nikolayevich Wrangel e Anton Ivanovich Denikin. Viveu no exílio posteriormente em Paris.

Dentre seus descendentes estão também:

Obras selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • Observationes Dorpatenses, 8 volumes. Dorpat, 1817-39
  • Catalogus novus stellarum duplicium. Dorpat, 1827
  • Stellarum duplicium mensurae micrometricae. São Petersburgo, 1831
  • Stellarum fixarum, imprimis compositarum positiones mediae. São Petersburgo, 1852


Precedido por
Charles Babbage e Johann Franz Encke
Medalha de Ouro da Royal Astronomical Society
1826
com John Herschel e James South
Sucedido por
Francis Baily
Precedido por
James Ivory e John Dalton
Medalha Real
1827
com Humphry Davy
Sucedido por
Johann Franz Encke e William Hyde Wollaston


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Friedrich Georg Wilhelm Struve