Fred Whipple

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Fred Whipple
Astronomia
Fred Whipple, em 1927
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 5 de novembro de 1906
Local Red Oak
Morte 30 de agosto de 2004 (97 anos)
Atividade
Campo(s) Astronomia
Instituições Harvard College Observatory
Prêmio(s) Medalha Leonard (1970), Medalha de Ouro da RAS (1983)

Fred Lawrence Whipple (Red Oak, 5 de novembro de 1906Cambridge (Massachusetts), 30 de agosto de 2004) foi um astrônomo estadunidense.

Nasceu em 1906 em Red Oak, em uma fazenda do estado norte-americano de Iowa. Formou-se na Universidade da Califórnia.

Participou do grupo que determinou a órbita do planeta Plutão então recém-descoberto, quando fazia o doutorado na Universidade da Califórnia, Berkeley.

Whipple trabalhou na Universidade de Harvard de 1931 até 1977. Dirigiu o Observatório Astrofísico do Instituto Smithsonian (Smithsonian Astrophysical Observatory) de 1955 até 1973.

Utilizando em 1930 de um novo método de fotografar cometas, Whipple conseguia determinar as trajetórias dos cometas com maior precisão, concluiu que todos os cometas que havia observado, eram constituídos de material frágil.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Whipple inventou um esquema para enganar os radares dos alemães. Aeronaves aliadas lançavam centenas de fragmentos de papéis de alumínio, dando a falsa impressão que o número de aeronaves aliadas fosse muito maior.

No ano de 1950 Whipple apresentou a ideia de que o núcleo dos cometas era uma bola de gelo impregnadas de fragmentos de rochas e de areia (dirty snowball).

Ele afirmou que as cores dos cometas eram derivadas das camadas de rochas e areia que compunham as bolas de gelo. Este material que estava congelado no núcleo dos cometas, que, ao se aproximarem do Sol, aqueciam e vaporizavam parte do cometa.

Ele também teorizou que a formação da cauda dos cometas era decorrente de partículas que eram originárias de reservatórios congelados no núcleo do cometa.

Suas teorias foram confirmadas em 1986 quando a sonda Giotto da Agência Espacial Europeia (European Space Agency) observou a passagem do cometa Halley.

Whipple aposentou-se de Harvard em 1977. Ele continuava a participar na vida académica, indo à universidade de bicicleta, isso até aos 90 anos de idade. Na matrícula do seu automóvel estava escrito a palavra "COMETS."

Fred Whipple faleceu no hospital de Cambridge, em 16 de agosto de 2004, aos 97 anos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Riccardo Giacconi e Harrie Massey
Medalha de Ouro da Royal Astronomical Society
1983
com Michael Seaton
Sucedido por
Keith Runcorn e Jakov Seldovich


Ícone de esboço Este artigo sobre um astrônomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.