Robert Hofstadter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Robert Hofstadter Medalha Nobel
Física
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 5 de Fevereiro de 1915
Local Nova Iorque
Morte 17 de Novembro de 1990 (75 anos)
Local Stanford
Atividade
Campo(s) Física
Instituições Universidade Stanford, Universidade da Pensilvânia
Alma mater Universidade de Princeton
Prêmio(s) Nobel prize medal.svg Nobel de Física (1961), Medalha Nacional de Ciências (1986)

Robert Hofstadter (Nova Iorque, 5 de Fevereiro de 1915Stanford, 17 de Novembro de 1990) foi um físico estadunidense.

Foi laureado com o Nobel de Física de 1961, por estudos pioneiros do espalhamento do elétron em núcleos atômicos pelas descobertas sobre a estrutura dos núcleos.[1] [2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Robert Hofstadte realizou o seu curso de bacharel no College da cidade de Nova Iorque no ano de 1935. Com uma bolsa de estudos, realizou o seu cuso de doutorado na Universidade de Princeton, em 1938. Em 1948, descobriu que o iodeto de sódio, ativado com tálio, era um excelente cintilador. Posteriormente, cristais de iodeto de sódio ativados com tálio a associados a sistemas fotomultiplicadores, passaram a ser detectores importantes que permitiram um grande desenvolvimento da espectroscopia nuclear.

Em 1950, Hofstadter foi trabalhar na Universidade de Stanford, onde existia um acelerador linear de elétrons que tinha sido inventado por W. W. Hansen e se encontrava ainda em fase de construção. Ao ser concluído, Hofstadter passou a trabalhar nele com elétrons na energia de 100 MeV. Nas suas pesquisas, Hofstadter estudou os raios de núcleo leves, médios e pesados. Por esse trabalho, recebeu o Nobel de Física de 1961, juntamente com Rudolf Ludwig Mössbauer.[3]

Referências

  1. R. W. McAllister & Robert Hofstadter, "Elastic Scattering of 188 MeV Electrons from Proton and the Alpha Particle," Physical Review, V102, p. 851 (1956).
  2. Robert Hofstadter, "The Electron Scattering Method & its Application to the Structure of Nuclei and Nucleons," Nobel Lectures, Physics 1942-1962, pp. 560-581, Elsevier Pub. Co., Amsterdam-London-New York (Dec 1961).
  3. MARTINS, Jader Benuzzi. A história da eletricidade. Rio de Janeiro: Editora Ciência Moderna, 2007, p. 237-238.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Donald Arthur Glaser
Nobel de Física
1961
com Rudolf Ludwig Mössbauer
Sucedido por
Lev Davidovich Landau
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.