Rita Levi-Montalcini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Rita Levi-Montalcini Medalha Nobel
Neurologia
Nacionalidade Itália Italiana
Nascimento 22 de abril de 1909
Local  Itália Turim
Morte 30 de dezembro de 2012 (103 anos)
Local  Itália Roma
Atividade
Campo(s) Neurologia
Instituições Universidade Washington em St. Louis
Alma mater Universidade de Turim
Prêmio(s) Prêmio Antonio Feltrinelli (1969), Prêmio Albert Lasker de Pesquisa Médica Básica (1986), Nobel prize medal.svg Prêmio Nobel de Fisiologia/Medicina (1986)
Notas Membro da Pontifícia Academia das Ciências

Rita Levi-Montalcini (Turim, 22 de abril de 1909Roma, 30 de dezembro de 2012[1] ) foi uma médica neurologista italiana.

Foi agraciada com o Prêmio Nobel de Fisiologia/Medicina de 1986. Desde 24 de junho de 1974 era membro da Pontifícia Academia das Ciências.

Reconhecimentos[editar | editar código-fonte]

Rita Levi-Montalcini foi designada em 1 de agosto de 2001, diretamente pelo presidente Carlo Azeglio Ciampi, senadora vitalícia da República Italiana, sendo a segunda mulher a ocupar este cargo, depois de Camilla Cederna.

Além do prêmio Nobel, recebeu o título de doutora honoris causa de várias instituições universitárias: Universidade de Uppsala (Suécia),[2] do Instituto Weizmann da Ciência (Israel), da McGill University do Canadá [3] , da Universidade Complutense de Madrid[4] , da Universidade Luigi Bocconi (Milão), da Universidade de Trieste[5] e do Instituto Politécnico de Turim,[6] na Itália, entre outras.

Recebeu o Prêmio internacional Saint-Vincent, o prêmio Feltrinelli e o prêmio "Albert Lasker de Pesquisa Médica Básica". Em 22 de janeiro de 2008 foi-lhe concedido o doutoramento "honoris causa" em biotecnologia industrial junto à Università Bicocca, de Milão.

Em 2009, ao completar 100 anos de idade, tornou-se a primeira vencedora do Prêmio Nobel a alcançar um século de vida e também a mais idosa senadora vitalícia em atividade na história da República Italiana. Em 30 de setembro de 2009, pelos seus estudos do sistema nervoso, recebeu o Wendell Krieg Lifetime Achievement Award, prêmio instituído pela mais antiga associação norte-americana de neurociência - o Cajal Club.[7]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Rita Levi-Montalcini


Precedido por
Michael Stuart Brown e Joseph Goldstein
Nobel de Fisiologia/Medicina
1986
com Stanley Cohen
Sucedido por
Susumu Tonegawa


Ícone de esboço Este artigo sobre médicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.