Presidente da República Italiana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Presidente da República Italiana
Presidente della Repubblica Italiana
Estandarte do Presidente da República Italiana
Residência Palácio do Quirinal
Criado em 1 de janeiro de 1948
Primeiro titular Enrico De Nicola

O Presidente da República Italiana é o Chefe de Estado e representa a unidade nacional. Seu mandato dura oito anos.

O atual Presidente da Itália é Sergio Mattarella, eleito em 31 de janeiro de 2015 no quarto escrutínio. É o décimo-segundo Presidente da República Italiana.

Residência[editar | editar código-fonte]

O Presidente tem a sua disposição três residências oficiais: o Palácio do Quirinal em Roma; a Tenuta Presidenziale di Castelporziano em Roma; e a Villa Rosebery, em Nápoles.

Requisitos para a eleição[editar | editar código-fonte]

  • Nacionalidade italiana;
  • Ter cinquenta anos de idade completos;
  • Gozar dos direitos civis e políticos.

Eleição[editar | editar código-fonte]

É eleito pelo Parlamento reunido em sessão ordinária, junto a três representantes para cada região (somente um para o Vale de Aosta) com o objetivo de garantir a representação das minorias.

Para garantir um amplo consenso a instituição de garantia, nas primeiras três votações é necessária a aprovação de dois terços da assembleia; para as votações sucessivas é suficiente a maioria simples (50% mais um dos votos). O mandato dura sete anos; o que impede que um presidente seja reeleito numa mesma legislatura, que tem mandato quinquenal, e contribui a devinculá-lo de excessivas ligações políticas com o órgão que o elege.

A sede da votação é a Câmara dos Deputados. O Presidente inicia o mandato depois de prestar juramento ao Parlamento ao qual se dirige através de uma mensagem presietertger

dencial.


Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde agosto de 2007). Ajude e colabore com a tradução.

Cronologia[editar | editar código-fonte]

Sergio Mattarella Giorgio Napolitano Carlo Azeglio Ciampi Oscar Luigi Scalfaro Francesco Cossiga Sandro Pertini Giovanni Leone Giuseppe Saragat Antonio Segni Giovanni Gronchi Luigi Einaudi Enrico De Nicola

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligação externa[editar | editar código-fonte]