Severo Ochoa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Severo Ochoa Medalha Nobel
Bioquímica
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 24 de Setembro de 1905
Local Luarca
Morte 1 de Novembro de 1993 (88 anos)
Local Madrid
Atividade
Campo(s) Bioquímica
Prêmio(s) Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia ou Medicina (1959)

Severo Ochoa (Luarca, 24 de Setembro de 1905Madrid, 1 de Novembro de 1993) foi um bioquímico espanhol naturalizado estadunidense (1956).

Foi pioneiro na síntese do ácido nucleico (1955).

Com formação inicial na Universidade de Madrid, também estudou e defendeu trabalhos em Glasgow, Berlim e Heidelberg. Ensinou nas universidades de Madrid, Heidelberg e Oxford. Instalou-se nos Estados Unidos (1940), onde se iniciou trabalhando numa faculdade do College of Medicine of New York University (1942) e passou a chefiar o departamento de bioquímica (1954).

Sintetizou pioneiramente o ácido nucleico, que são cadeias extremamente grandes que compõem moléculas complexas que existem em todas as células vivas e controlam sua hereditariedade.

Recebeu o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1959, por suas pesquisas com o RNA, em conjunto com o bioquímico estadunidense Arthur Kornberg, da Universidade de Stanford, este pelas pesquisas com o DNA.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
George Beadle, Edward Tatum e Joshua Lederberg
Nobel de Fisiologia ou Medicina
1959
com Arthur Kornberg
Sucedido por
Frank Burnet e Peter Brian Medawar


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.