Stanley Prusiner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Stanley Prusiner Medalha Nobel
Medicina
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Residência  Estados Unidos
Nascimento 18 de Maio de 1942 (72 anos)
Local Des Moines
Atividade
Campo(s) Medicina
Instituições Universidade da Califórnia em Berkeley, Universidade da Califórnia em São Francisco
Alma mater Universidade da Pensilvânia
Prêmio(s) Prêmio Albert Lasker de Pesquisa Médica Básica (1994), Prêmio Wolf de Medicina (1995/6), Prêmio Charles-Leopold Mayer (1996), Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia/Medicina (1997), Medalha Benjamin Franklin (1998)

Stanley Benjamin Prusiner (Des Moines, 18 de Maio de 1942)[1] é um médico neurologista estadunidense.

Atualmente é diretor do Instituto de Doenças Neurodegenerativas na Universidade da Califórnia em São Francisco (UCSF). Prusiner descobriu príons, uma classe infecciosa que se auto-reproduzem em patógenos principalmente ou exclusivamente compostas de proteína. Foi agraciado com o Nobel de Fisiologia/Medicina de 1997.

Referências

  1. Stanley B. Prusiner - Autobiography (em inglês). NobelPrize.org. Página visitada em 28 de dezembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Michael Berridge e Yasutomi Nishizuka
Prêmio Wolf de Medicina
1995/1996
Sucedido por
Mary Frances Lyon
Precedido por
Peter Doherty e Rolf Zinkernagel
Nobel de Fisiologia/Medicina
1997
Sucedido por
Robert Furchgott, Louis Ignarro e Ferid Murad


Ícone de esboço Este artigo sobre médicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.