Barry Sharpless

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Barry Sharpless Medalha Nobel
Química
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 28 de abril de 1941 (73 anos)
Local Filadélfia
Atividade
Campo(s) Química
Instituições Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Scripps Research Institute
Alma mater Faculdade de Dartmouth, Universidade Stanford, Universidade Harvard
Prêmio(s) Prêmio Remsen (1989), Prêmio Arthur C. Cope (1992), Prêmio em Ciências Químicas NAS (2000), Prêmio Wolf de Química (2001), Nobel prize medal.svg Nobel de Química (2001), Medalha Benjamin Franklin (2001)

Karl Barry Sharpless (Filadélfia, 28 de abril de 1941) é um químico estadunidense.

Doutorou-se em química em 1968 na Universidade Stanford. Desde 1990 é professor de química no Scripps Research Institute de La Jolla (Estados Unidos).

Recebeu o Nobel de Química de 2001, por catalisar moléculas quirais por oxidação. O prêmio foi compartilhado com William Standish Knowles e Ryoji Noyori pelo mesmo êxito, entretanto obtido por hidrogenação.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Frank Albert Cotton
Prêmio Wolf de Química
2001
com Henri Kagan e Ryōji Noyori
Sucedido por
Harry Barkus Gray
Precedido por
Alan Heeger, Alan MacDiarmid e Hideki Shirakawa
Nobel de Química
2001
com William Standish Knowles e Ryoji Noyori
Sucedido por
John Fenn, Koichi Tanaka e Kurt Wüthrich


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.