Lavoslav Ružička

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lavoslav Ružička Medalha Nobel
Química
Lavoslav Ružička em 1939
Nacionalidade Croácia Croata
Nascimento 13 de setembro de 1887
Local Vukovar, Reino da Croácia-Eslavônia, Áustria-Hungria (hoje Croácia)
Morte 26 de setembro de 1976 (89 anos)
Local Mammern, Suíça
Atividade
Campo(s) Química
Alma mater Universidade de Karlsruhe
Tese 1910
Orientador(es) Hermann Staudinger
Conhecido(a) por Terpeno
Prêmio(s) Prêmio Marcel Benoist (1938), Nobel prize medal.svg Nobel de Química (1939)

Lavoslav (Leopold) Stjepan Ružička ForMemRS (Vukovar, 13 de setembro de 1887Mammern, 26 de setembro de 1976) foi um cientista e químico suiço de origem croata. Ele recebeu oito doutorados de honoris causa em ciência, medicina e direito; sete prêmios e medalhas, e 24 prêmios honorários em química, bioquímica e outras sociedades científicas.

Ružička nasceu em Vukovar, Croácia, então parte do Reino da Hungria, Império Austro-Húngaro. Sua família de artesãos e agricultores foi principalmente de origem croata, com uma bisavó Checa, e uma avó e um avô da Áustria.[1]

Cursou seus primeiros estudos em Osijek (Croácia), mudando sua ideia inicial de tornar-se sacerdote para o estudo das matérias técnicas. Elegeu a química, provavelmente porque esperava encontrar trabalho na refinaria de açúcar recentemente inaugurada em Osijek. Ingressou na Universidade de Karlsruhe, onde estudou química orgânica e físico-química sob a supervisão de Fritz Haber. Posteriormente entrou na Universidade de Basileia e lecionou em classes de química orgânica no Instituto Federal de Tecnologia de Zurique.

Entre 1934 e 1935 descobriu que a androsterona e testosterona (hormônios masculinos) podem ser produzidos a partir de um esterol neutro, como o colesterol, descobrindo que solucionou o problema da produção sintética de hormônios.

Foi condecorado com o Nobel de Química de 1939, compartilhado com Adolf Butenandt.

Ružička se casou duas vezes: a primeira vez com Anna Hausmann em 1912, e a segunda vez em 1951 com Gertrud Acklin. Ele morreu em Mammern, Suíça, uma vila no Lago de Constança.

Referências

  1. Leopold Ružička Biography (em inglês) Les Prix Nobel The Nobel Foundation (1939). Visitado em 26 de setembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Richard Kuhn
Nobel de Química
1939
com Adolf Butenandt
Sucedido por
George de Hevesy


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.