Mario Capecchi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mario Capecchi Medalha Nobel
Genética
Nacionalidade Itália Italiano e Estados Unidos estadunidense
Nascimento 6 de Outubro de 1937 (76 anos)
Local Verona
Atividade
Campo(s) Genética
Instituições Harvard Medical School, Universidade de Utah
Alma mater Universidade Harvard
Conhecido(a) por Rato knockout
Prêmio(s) Prêmio Kyoto (1996), Medalha Franklin (1997), Prêmio Albert Lasker de Pesquisa Médica Básica (2001), Prêmio Wolf de Medicina (2002/3), Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia ou Medicina (2007)

Mario Ramberg Capecchi (Verona, 6 de outubro de 1937) é um geneticista ítalo-estadunidense.

Foi co-galardoado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 2007. É professor de genética humana e biologia na Universidade de Utah.

É conhecido por seu trabalho pioneiro na identificação de genes de células estaminais de embriões de ratos, que possibilitaram técnicas transgénicas, incluindo a clonagem e modificação genética. Este trabalho foi premiado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Richard Smalley
Medalha Franklin
1997
Sucedido por
Emmanuel Desurvire
Precedido por
Avram Hershko e Alexander Varshavsky
Prêmio Wolf de Medicina
2002/2003
com Ralph Lawrence Brinster e Oliver Smithies
Sucedido por
Robert Allan Weinberg e Roger Tsien
Precedido por
Andrew Fire e Craig Mello
Nobel de Fisiologia ou Medicina
2007
com Martin Evans e Oliver Smithies
Sucedido por
Harald zur Hausen, Françoise Barré-Sinoussi e Luc Montagnier


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) biólogo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.