James Black

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
James Black Medalha Nobel
Farmacologia
Dados gerais
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Nascimento 14 de Julho de 1924
Local Uddingston
Morte 22 de Março de 2010 (85 anos)
Local Londres
Atividade
Campo(s) Farmacologia
Instituições Universidade de Malaya, Universidade de Glasgow, Imperial Chemical Industries, University College London, King's College de Londres, Universidade de St Andrews
Conhecido(a) por Sintetização da cimetidina e do propranolol
Prêmio(s) Prêmio Mullard (1978), Prêmio Wolf de Medicina (1982), Medalha do prêmio Nobel Nobel de Fisiologia ou Medicina (1988), Medalha Real (2004)

James Whyte Black (Uddingston, 14 de Julho de 1924Londres, 22 de Março de 2010[1] ) foi um farmacêutico britânico.

Foi agraciado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1988. É considerado o criado dos beta-bloqueadores[1] , importantes fármacos usados no tratado de doenças cardiovasculares e outras áreas da medicina. Sintetizou a cimetidina e o propanolol.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Barbara McClintock e Stanley Norman Cohen
Prêmio Wolf de Medicina
1982
com Jean-Pierre Changeux e Solomon H. Snyder
Sucedido por
Donald F. Steiner
Precedido por
Susumu Tonegawa
Nobel de Fisiologia ou Medicina
1988
com Gertrude Elion e George Hitchings
Sucedido por
John Michael Bishop e Harold Varmus
Precedido por
John Skehel, Kenneth Langstreth Johnson e Nicholas Shackleton
Medalha Real
2004
com Alec Jeffreys e Jack Lewis
Sucedido por
Michael Pepper, Anthony Pawson e Michael Fisher


Ícone de esboço Este artigo sobre médicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.