Daniel Carleton Gajdusek

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde outubro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Daniel Carleton Gajdusek Medalha Nobel
Medicina
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 9 de Setembro de 1923
Local Yonkers
Morte 12 de dezembro de 2008 (85 anos)
Local Tromsø
Atividade
Campo(s) Medicina
Prêmio(s) Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia ou Medicina (1976)

Daniel Carleton Gajdusek (Yonkers, 9 de Setembro de 1923Tromsø, 12 de dezembro de 2008) foi um médico virologista e antropologista estadunidense.

Foi agraciado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1976, por realizar pesquisas, junto com Baruch Samuel Blumberg, sobre a origem e disseminação das doenças infecciosas.

Graduado na Universidade de Rochester em 1943, fez o mestrado em pediatria na Universidade de Harvard. Foi para a Austrália trabalhar como pesquisador visitante no Walter and Eliza Hall Institute of Medical Research em Melbourne, onde pesquisando imunologia e virologia, desenvolveu estudos paralelos em doenças infantis em populações aborígenes australianas e da Nova Guiné e descobriu a causa da doença de kuru, uma doença viral que ataca o cérebro, comum entre os aborígenes.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
David Baltimore, Renato Dulbecco e Howard Martin Temin
Nobel de Fisiologia ou Medicina
1976
com Baruch Blumberg
Sucedido por
Roger Guillemin, Andrzej Schally e Rosalyn Yalow


Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.