Herbert Simon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde agosto de 2007). Ajude e colabore com a tradução.
Herbert Simon Medalha Nobel
Inteligência artificial, psicologia cognitiva, ciência da computação, Economia, ciência política
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Nascimento 15 de junho de 1916
Local Milwaukee
Morte 9 de fevereiro de 2001 (84 anos)
Local Pittsburgh
Atividade
Campo(s) Inteligência artificial, psicologia cognitiva, ciência da computação, Economia, ciência política
Instituições Universidade Carnegie Mellon, Universidade da Califórnia em Berkeley, Instituto de Tecnologia de Illinois
Alma mater Universidade de Chicago
Orientador(es) Henry Schultz
Orientado(s) Edward Feigenbaum, Allen Newell, David Bree
Prêmio(s) Prêmio Turing (1975), Nobel prize medal.svg Nobel de Economia (1978), Gibbs Lecture (1984), Medalha Nacional de Ciências (1986), Prêmio Teoria John von Neumann (1988)

Herbert Alexander Simon (Milwaukee, 15 de junho de 1916Pittsburgh, 9 de fevereiro de 2001) foi um economista estadunidense.

Foi agraciado com o Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel de 1978. Foi um pesquisador nos campos de psicologia cognitiva, informática, administração pública, sociologia económica, e filosofia. Por vezes, descreveram-no como um polímata.

Recebeu em 1975 o Prêmio Turing da ACM, juntamente com Allen Newell, pelas suas "contribuições básicas à Inteligência Artificial, à Psicologia de Cognição Humana, e ao processamento de listas." Em 1978, foi agraciado com o Prémio Nobel de Economia, pela sua "pesquisa precursora no processo de tomada de decisões dentro de organizações económicas". Recebeu ainda a Medalha Nacional de Ciência, em 1986 e o Award for Outstanding Lifetime Contributions to Psychology, da APA, em 1993.

Vida[editar | editar código-fonte]

Herbert Simon nasceu em Milwaukee, Wisconsin. Seu pai era um engenheiro eletricista que viera da Alemanha para os Estados Unidos em 1903, depois de receber seu diploma no Darmstadt Technische Hochschule. Seu pai era também inventor e desenhista de engrenagem elétrica de controle, e, mais tarde em vida, um procurador patente. Sua mãe era uma pianista efetuada e uma americana de terceira geração. A sua família tinha imigrado de Praga e Colônia. Seus antepassados europeus tinham sido construtores de pianos, ourives, e vinicultores.

Quando criança, Simon frequentou uma escola pública de Milwaukee, onde desenvolveu interesse pela Ciência. Achava trabalhos escolares interessantes mas bastante fáceis. Relativamente jovem, Simon foi exposto à ideia de que o comportamento humano podia ser estudado cientificamente, devido à influência do irmão mais novo de sua mãe, Harold Merkel, que estudara Economia na Universidade de Wisconsin-Madison sob a orientação de John R. Commons. Através de livros do tio sobre Economia e Psicologia, Simon descobriu as Ciências Sociais.

Entre seuas primeiras influências, Simon citava o livro-texto de Economia de Richard Ely, The Great Illusion, de Norman Angell, e Progress and Poverty, de Henry George. Em 1933 entrou para a Universidade de Chicago, e, seguindo essas primeiras influências, estudou Ciências Sociais e Matemática. Seu mentor mais importante na universidade foi Henry Schultz, que era um econometrista e economista matemático. Eventualmente, seus estudos levaram-no ao campo da tomada de decisão organizacional, que tornar-se-ia o tema de sua dissertação de doutorado.

De 1939 a 1942, Simon atuou como diretor de um grupo de pesquisa na Universidade de Califórnia, Berkeley. Quando o subsídio do grupo foi exaurido, assumiu uma posição em Ciência Política no Instituto de Illinois de Tecnologia. De volta a Chicago, ele começou a participar de seminários oferecidos pelo staff da Cowles Commission, que naquela época incluía Jacob Marschak e Tjalling Koopmans. Assim, iniciou um estudo mais profundo de economia na área de institutionalismo. Marschak trouxe Simon para ajudá-lo no estudo que empreendia na época com Sam Schurr sobre os "efeitos econômicos prospectivos da energia atômica".

De 1950 a 1955, Simon estudou economia matemática e, com David Hawkins, descobriu e provou o teorema de Hawkins-Simon sobre as "condições para a existência de vetores positivos de solução para matrizes de entrada-saída. Ele também desenvolveu teoremas em near-decomposability e agregação. Tendo começado a aplicar estes teoremas em organizações, Simon determinou, por volta de 1954, que o melhor maneira de estudar resolução de problemas seria através de simulações usando programas de computador, que levou ao seu interesse por simulação computacional da cognição humana.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Donald Knuth
Prêmio Turing
1975
com Allen Newell
Sucedido por
Michael Rabin e Dana Scott
Precedido por
Bertil Ohlin e James Edward Meade
Prémio de Ciências Económicas em Memória de Alfred Nobel
1978
Sucedido por
Theodore Schultz e William Arthur Lewis


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.