Pierre-Gilles de Gennes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pierre-Gilles de Gennes Medalha Nobel
Física
Nacionalidade França Francês
Nascimento 24 de Outubro de 1932
Local Paris
Morte 18 de Maio de 2007 (74 anos)
Local Orsay
Atividade
Campo(s) Física
Instituições Collège de France
Alma mater Escola Normal Superior de Paris
Prêmio(s) Prêmio Holweck (1968), Medalha de Ouro CNRS (1980), Medalha Matteucci (1987), Medalha Lorentz (1990), Prêmio Wolf de Física (1990), Nobel prize medal.svg Nobel de Física (1991)

Pierre-Gilles de Gennes (Paris, 24 de Outubro de 1932Orsay, 18 de Maio de 2007) foi um físico francês.

Recebeu o Nobel de Física de 1991, pela descoberta que os métodos desenvolvidos para estudar os fenômenos de ordem em sistemas simples podem ser generalizados a formas mais complexas da matéria, em particular aos cristais líquidos e aos polímeros líquidos. Seus trabalhos incentivaram diversos estudos relacionados tanto com a física e a físico-química fundamental, como com as ciências aplicadas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Pierre Chambon
Medalha de Ouro CNRS
1980
Sucedido por
Jean-Marie Lehn e Roland Martin
Precedido por
Hendrik Casimir
Medalha Matteucci
1987
Sucedido por
Lev Okun
Precedido por
Roger Penrose e Stephen Hawking
Prêmio Wolf de Física
1990
com David Thouless
Sucedido por
Maurice Goldhaber e Valentine Telegdi
Precedido por
Jerome Isaac Friedman, Henry Way Kendall e Richard E. Taylor
Nobel de Física
1991
Sucedido por
Georges Charpak


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.