Wilhelm Eduard Weber

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Wilhelm Eduard Weber
Física
Nacionalidade Alemanha Alemão
Nascimento 24 de Outubro de 1804
Local Wittenberg
Morte 23 de Junho de 1891 (86 anos)
Local Göttingen
Atividade
Campo(s) Física
Instituições Universidade de Göttingen
Universidade de Halle
Universidade de Leipzig
Alma mater Universidade de Halle
Universidade de Göttingen
Orientador(es) Johann Salomo Christoph Schweigger
Orientado(s) Ernst Karl Abbe, Friedrich Kohlrausch
Prêmio(s) Medalha Copley (1859), Medalha Matteucci (1879), Medalha Cothenius (1879)

Wilhelm Eduard Weber (Wittenberg, 24 de Outubro de 1804Göttingen, 23 de Junho de 1891) foi um físico alemão e, com Carl Friedrich Gauss, inventor do primeiro telégrafo electromagnético.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Weber nasceu em Wittenberg, onde seu pai Michael Weber era professor de teologia. William era o segundo de três irmãos, todos distinguidos por alguma aptidão em ciências.

Após a dissolução da Universidade de Wittenberg, o seu pai foi transferido em 1815 para Halle. As primeiras lições de William foram dadas pelo seu pai, mas fora então enviado para o Orphan Asylum and Grammar School em Halle.

Estudou na Universidade de Göttingen e na Universidade de Halle, onde se distinguiu em filosofia. Em 1837 foi expulso de Göttingen, juntamente com mais sete professores, por ter protestado contra a suspensão da Constituição de Hanover, por ato do rei Ernesto Augusto I de Hanôver. Durante este período viajou pela Inglaterra, dentre outros países. Em 1843, Weber passou a ser professor de física na Universidade de Leipzig e, em 1849, voltou a lecionar em Göttingen.

Um dos seus mais importantes trabalhos foi o Atlas des Erdmagnetismus ("Atlas do Geomagnetismo"). Weber demonstrou que um sistema absoluto de medidas elétricas poderia ser definido por via de comprimento, de tempo e de massa. Tendo em vista a sentença de Fechner, segundo a qual as cargas elétricas negativa e positiva se movem, em um fio condutor, com velocidades iguais e opostas, ele desenvolveu a lei das forças existentes entre as cargas. Em colaboração com Gauss, concebeu e construiu um sistema de telegrafia eletromagnética que chegou a funcionar até a distância de mais de 3.000m.

Em 1825, em colaboração com seu irmão, Ernst Heinrich Weber, anátomopatologista, publicou um tratado intitulado A doutrina das ondas fundada na experimentação. Posteriormente, desta vez em colaboração com um irmão mais moço, Eduard Friedrich Weber, investigou o mecanismo do ato de caminhar. Foi também membro da Academia Real das Ciências da Suécia em 1855.

Weber faleceu em Göttingen, onde foi enterrado no mesmo cemitério que Max Planck e Max Born, o Stadtfriedhof de Göttingen.

Em homenagem a Weber, foi dado o nome de weber (Wb) à unidade de medida do fluxo magnético (SI).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Enciclopédia Exitus de ciência e tecnologia. Vol. X, 1982.


Precedido por
Charles Lyell
Medalha Copley
1859
Sucedido por
Robert Bunsen
Precedido por
Gustav Wiedemann
Medalha Matteucci
1879
Sucedido por
Antônio Pacinotti


Commons
O Commons possui multimídias sobre Wilhelm Eduard Weber
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.