Henri Milne-Edwards

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Henri Milne-Edwards
Zoologia
Nacionalidade França Francês
Nascimento 23 de outubro de 1800
Local Bruges
Morte 29 de julho de 1885 (84 anos)
Local Paris
Atividade
Campo(s) Zoologia
Prêmio(s) Medalha Copley (1856)

Henri Milne-Edwards ou Milne-Edwards (Bruges, 23 de outubro de 1800Paris, 29 de julho de 1885) foi um zoólogo francês. Pai do também zoólogo Alphonse Milne-Edwards.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de William Edwards, rico plantador da Jamaica, e de Elisabeth Vaux. Durante a Revolução francesa seu pai foi preso, sendo Henri levado para Paris pelo seu irmão mais velho, o médico William Edwards. Com a deposição de Napoleão seu pai foi solto e toda a família se reuniu em Paris.

Henri estudou medicina e obteve o seu título de doutor em 1823. Em 1828 publicou "Recherches sur les crustacé" , obra que lhe rendeu o Prêmio de fisiologia da Academia das Ciências da França.

Frequentou os cursos de Georges Cuvier (1769-1832) e vinculou uma estreita relação de amizade com Jean Victor Audouin (1797-1841). Com Audouin realizou, entre 1826 e 1828, um estudo extremamente detalhado da fauna marinha costeira dos arredores de Granville.

Casou-se com Laura Trézel com quem teve nove filhos, dos quais Alphonse Milne-Edwards (1835-1900) tornou-se zoólogo.

Em 1832, Henri assumiu o cargo de professor de higiene e de história natural na Escola Central de Artes e Manufaturas. Com a morte de Audouin em 1841 assumiu a cadeira de entomologia do Museu Nacional de História Natural. Em 1849, quando Jean-Baptiste Dumas se tornou ministro, Henri sucedeu-lhe como decano. Em 1862, sucedeu Isidore Geoffroy Saint-Hilaire (1805-1861) na cátedra de mamalogia do mesmo museu. Foi também decano na Faculdade das ciências de Paris e professor de zoologia, anatomia e fisiologia.

A maior parte dos seus trabalhos foi publicado nos "Annales des sciences naturelles", publicação em que dirigiu a parte dedicada a zoologia a partir de 1834.

Entre suas principais obras consta "Histoire naturelle des crustacés" ( 3 volumes, 1837-1841), que por muito tempo foi uma obra de referência no assunto; a "Histoire naturelle des coralliaires", ( 1858-1860) ; e principalmente "Leçons sur la physiologie et l'anatomie comparée de l'homme et des animaux" ( 14 volumes, 1857-1881).

Em 1848, assumiu como membro estrangeiro da Royal Society de Londres, sociedade que concedeu-lhe em 1856 a medalha Copley.

Henricia leviuscula

O nome de Henri Milne-Edwards é homenageado em vários nomes de gêneros e espécies, como:

  • Edwardsia de Quatrefages, 1841
  • Henricia J.E. Gray, 1840
  • Glossocephalus milneedwardsi Bovallius, 1887
  • Milnesium Doyère, 1840
  • Milneedwardsia Bourguignat, 1877
  • Goniastria edwardsi Chevalier, 1971

Obras[editar | editar código-fonte]

  • A manual of surgical anatomy … Desilver, Filadélfia 1828.
  • A manual of materia medica and pharmacy. Careys & Lea, Filadélfia 1829.
  • Cahiers d’histoire naturelle. Crochard & Masson, Paris 183353.
  • Annales des sciences naturelles, zoologie et biologie animale. Masson, Paris 183485.
  • Élémens de zoologie. Crochard & Dumont, Paris, Brüssel 183437.
  • Histoire naturelle des crustacés. Roret, Paris 183440.
  • Outlines of anatomy and physiology. Little & Brown, Boston 1841.
  • Die Zoologie. Scheible, Rieger & Sattler, Stuttgart 184858.
  • Quelques remarques sur l’emploi du sel en agriculture … Paris 1849.
  • A monograph of the British fossil corals. Londres, 185072.
  • Zoologie. Langlois, Leclercq & Masson, Paris 185058.
  • Mélanges carcinologiques. Martinet, Paris 185154.
  • Beiträge zur allgemeinen Zoologie. Müller, Stuttgart 1853.
  • Histoire naturelle des coralliaires ou polypes proprement dits. Roret, Paris 185760.
  • A manual of zoology. Renshaw, Londres 1863.

Referências[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Jean Bernard Léon Foucault
Medalha Copley
1856
Sucedido por
Michel Eugène Chevreul