Ricardo Noblat

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ricardo Noblat
Ricardo Noblat, em entrevista à TV Cultura
Nome completo Ricardo José Delgado Noblat
Nascimento 7 de agosto de 1949 (65 anos)
Recife, Pernambuco
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação Jornalista

Ricardo José Delgado Noblat (Recife, 7 de agosto de 1949) é um jornalista brasileiro. Formado pela Universidade Católica de Pernambuco, Noblat foi editor-chefe do Correio Braziliense e da sucursal do Jornal do Brasil em Brasília. Atualmente, Noblat mantém um blog,[1] o Blog do Noblat, no portal do jornal O Globo.

Carreira

Trabalhou como repórter do jornais Diário de Pernambuco, Jornal do Commercio e das sucursais do Jornal do Brasil e da revista Veja em Recife. Noblat também foi chefe de redação da sucursal da revista Manchete. Chefiou a sucursal da revista Veja durante dois anos, em Salvador. Depois foi editor-assistente da mesma revista em São Paulo.

Em Brasília desde 1982, foi editor regional da sucursal do Jornal do Brasil. Trabalhou novamente como repórter da sucursal de O Globo, em 1989, de onde foi chefiar a sucursal da revista IstoÉ. Entre 1991 e 1992 trabalhou em Angola na campanha de José Eduardo dos Santos, que já governava aquele país desde 1979 sem nunca ter sido eleito. Assumiu em 1994 a direção de redação do jornal Correio Braziliense, permanecendo no cargo até novembro de 2002.

Em março de 2004 criou o Blog do Noblat, hospedado no site do jornal O Globo. Hoje, ele escreve às segundas-feiras para o jornal O Globo[2] .

Ricardo Noblat também é autor dos livros A Arte de Fazer um Jornal Diário[3] , O Que É Ser Jornalista[4] e Céu dos Favoritos[5] .

Entre os meses de Setembro de 2008 e Setembro de 2009, o jornalista manteve um contrato para pesquisa, produção e apresentação de um programa semanal para a Rádio Senado[6] .

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Ricardo Noblat

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.