Ronaille Calheira Seara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ronaille Calheira
Informações pessoais
Nome completo Ronaille Calheira Seara
Data de nasc. 23 de março de 1984 (30 anos)
Local de nasc. Itabuna (BA),  Brasil
Nacionalidade  brasileira
Altura 1,80 m
Ambidestro
Informações profissionais
Clube atual Brasil Salgueiro
Posição Atacante
Clubes de juventude
1998–2001
2001–2003
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Colo Colo
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
2004–2009
2008
2008
2009–2012
2010
2011
2011
2012
2012
2012
2013
2014
2014–
Brasil Colo Colo
Colômbia Deportes Quindío (emp.)
Peru Sport Áncash (emp.)
Peru Universitario de Deportes
Peru León de Huánuco (emp.)
Colômbia América de Cali (emp.)
Colômbia Atlético Huila (emp.)
Bolívia The Strongest (emp.)
República Popular da China Yanbian Baekdu Tigers
Peru León de Huánuco
Brasil Salgueiro
Malta Tarxien Rainbows
Malta Birkirkara
00018 00(21)
00016 000(5)
00021 00(15)
00027 000(3)
00036 00(13)
00014 000(2)
00014 000(4)
00004 000(0)
00001 000(0)
00013 000(3)
00009 000(0)
00019 00(10)
00010 000(2)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 27 de abril de 2014.

Ronaille Calheira Seara, mais conhecido como Ronaille Calheira (Itabuna, 23 de março de 1984), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Birkirkara.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Calheira estreou em 2004 no Colo Colo de Ilhéus, equipe com quem venceu o Campeonato Baiano de 2006. Em 2008, ele chegou ao Deportes Quindío e Sport Áncash, a equipe que participou da Copa Sul-Americana de 2008 e no qual ele marcou seu primeiro gol internacional contra o Ñublense do Chile. Também foi o artilheiro do Clausura do Peru em 2008.[1] [2] Em fevereiro de 2009 ele se transferiu para o Universitario de Deportes.[3] [4] Sua estréia oficial com o Universitario ocorreu no dia 11 de fevereiro de 2009 no Paraguai contra o Libertad num jogo válido pela Copa Libertadores da América de 2009, o qual terminou com uma derrota para o Gumarelos por 2 a 1.

Para a temporada de 2010, ele foi contratado pelo recém-promovido León de Huánuco, com o qual alcançou a maior pontuação da série, portanto, chegando à final do Campeonato Peruano de 2010. No entanto, o campeonato foi vencido pelo University San Martin. Além disso, a classificação para a Copa Libertadores de 2011 foi alcançado na melhor temporada da história do León. Calheira o segundo artilheiro da equipe, juntamente com Luis Perea. No início de 2011, Calheira ficou fora da pré-temporada do time por causa de atraso na apresentação, por isso foi deixado de fora da equipe.[5] Em 29 de janeiro, foi contratado pelo América de Cali do Campeonato Colombiano de Futebol. Depois de não ter muitas oportunidades no time, foi emprestado ao Atlético Huila, para a segunda metade da temporada.

Em janeiro de 2012 transferiu-se novamente, mas desta vez para o The Strongest da Bolívia, onde jogou a Copa Libertadores de 2012. Depois de vários dias de negociações, em 1 de março de 2012, o clube do seu passe o transferiu para o Yanbian Baekdu Tigers da China, com um contrato de 3 anos e meio. Depois de terminar o primeiro semestre com poucas oportunidades no seu novo clube, o jogador decidiu rescindir o contrato por mútuo acordo, voltando ao Peru para atuar no León de Huánuco, e em 2013 se transferiu para o Salgueiro de Pernambucano. Em 2013, ele foi negociado para Tarxien Rainbows FC de Malta.

Título[editar | editar código-fonte]

Colo Colo
Universitario de Deportes

Referências

  1. Brasileño Calheira se coronó máximo goleador del fútbol peruano (em espanhol) Andina (15 de dezembro de 2008). Página visitada em 8 de maio de 2014.
  2. Clausura: Ronaille Calheira se consagró goleador del Clausura peruano (em espanhol) Goal.com (15 de dezembro de 2008). Página visitada em 8 de maio de 2014.
  3. Ronaille Calheira firmó por Universitario (em espanhol) Sociosu Suecia (8 de fevereiro de 2009). Página visitada em 8 de maio de 2014.
  4. Ronaille Calheira entrenó por primera vez como jugador de la 'U' (em espanhol) El Comercio (8 de fevereiro de 2009). Página visitada em 8 de maio de 2014.
  5. Calheira quedó fuera del León de Huánuco (em espanhol) Generaccion.com (13 de fevereiro de 2011). Página visitada em 8 de maio de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.