Rumble Fish

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rumble Fish
Juventude inquieta (PT)
O selvagem da motocicleta (BR)
 Estados Unidos
1983 •  pb •  94 min 
Direção Francis Ford Coppola
Roteiro Francis Ford Coppola / Susan E. Hinton
Elenco Matt Dillon
Mickey Rourke
Diane Lane
Vincent Spano
Género drama
Música Stewart Copeland
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Rumble Fish (O selvagem da motocicleta (título no Brasil) ou Juventude inquieta (título em Portugal)) é um filme estadunidense de 1983, do gênero drama, dirigido por Francis Ford Coppola.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Rusty James é o líder de uma gangue na cidade de Tulsa, no estado de Oklahoma, e sua vida se resume a brigar e namorar a bela Patty. Rusty James foi abandonado pela mãe, tem um pai alcoólatra e idolatra o seu irmão, "O Motoqueiro", antigo líder da gangue, uma lenda na cidade, que partiu após uma encrenca com a polícia local. Um dia, o Motoqueiro retorna e Rusty James acha que os dias de glória da "lenda viva" também voltarão. Porém, seu irmão está bastante modificado, o que pode levar a um caminho muito diferente do que Rusty James imagina...

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Espanha Festival de San Sebastián

Indicações[editar | editar código-fonte]

Estados Unidos Globo de Ouro

Estados Unidos Young Artist Awards

Recepção pela crítica[editar | editar código-fonte]

"O segundo filme que Coppola adaptou da escritora S. E. Hinton, logo após Vidas sem Rumo (The Outsiders), Matt Dillon faz o garoto que vive à sombra do irmão mais velho, que cultiva a mística dos rebeldes de moto, nos anos 50 e 60. Um filme que talvez não seja tão bom quanto sua reputação faz crer. É estilizado, esplendidamente filmado em preto e branco (com um detalhe em cor que a TV em geral não mostra), com bela partitura de Stewart Copeland e uma participação especial de Mickey Rourke. Sua grande cena com Dennis Hopper mostra o confronto de gerações e o embate pai/filho, essencial na dramaturgia do filme (e na obra toda do autor)." - (O Estado de São Paulo, 07.07.2009 – Tevê, caderno 2, p. D9).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]