Sérgio Moraes (lutador)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Serginho Moraes
Informações
Nascimento 23 de julho de 1982 (32 anos)
São Paulo, SP
 Brasil
Nacionalidade  brasileiro
Outros nomes Serginho
Altura 1,80 m
Peso 84 kg
Modalidade BJJ
Organização(ões) Evolução Thai
Graduação      Faixa Preta em BJJ
Cartel no MMA
Total 11
Vitórias 9
Por finalização 7
Por decisão 2
Derrotas 2
Por nocaute 1
Por decisão 1
Ligações externas
Página oficial:
Recorde de MMA no Sherdog

Sérgio Moraes, também conhecido por Serginho Moraes (São Paulo, 23 de julho de 1982) é um lutador de MMA brasileiro, tetra campeão mundial de Jiu-Jitsu. Ele é mais conhecido no MMA por sua passagem no programa The Ultimate Fighter: Brasil, no qual conseguiu a segunda colocação, perdendo na final para Cézar Mutante.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Serginho é chamado de "O Orgulho da Cohab", apelido dado pois foi lá onde Serginho nasceu (Cohab).[1]

Serginho foi quatro vezes Campeão Mundial de Jiu-Jitsu Brasileiro, mas sua luta mais famosa foi quando derrotou Kron Gracie no Campeonato Mudial de 2008. Serginho faz parte da Alliance Jiu-Jitsu.

Atualmente, ele está ensinando Jiu-Jitsu em Curitiba, na academia de André Dida, a Evolução Thai.

Carreira no MMA[editar | editar código-fonte]

Início da Carreira[editar | editar código-fonte]

Serginho fez sua estreia no MMA profissional em 21 de outubro de 2006 no seu país natal, Brasil. Ao longo dos próximos cinco anos, ele acumulou um recorde de 6 vitórias e 1 derrota, com 5 de suas 6 vitórias vindo por finalização.

Serginho fez sua estreia nos Estados Unidos em 19 de junho de 2009 pelo Bellator Fighting Championships. Ele derrotou Josh Martin por finalização (triângulo) no Bellator 12.

The Ultimate Fighter[editar | editar código-fonte]

Serginho foi um dos 32 escolhidos para as eliminatórias do programa The Ultimate Fighter: Brasil. Na sua luta eliminatória derrotou Thiago Rela por finalização (chave de calcanhar) no primeiro round e garantiu sua vaga na casa do TUF.[2] Na escolha dos times, Serginho foi um dos escolhidos para o time de Vitor Belfort.[3] Na sua próxima luta passou a derrotar o também Campeão Mundial de Jiu-Jitsu, Delson "Pé de Chumbo" por finalização (mata-leão).[4] Na primeira luta dos Pesos Médios das semifinais, Serginho enfrentou Daniel Sarafian e acabou sendo nocauteado no primeiro round com uma joelhada voadora.[5]

Ultimate Fighting Championship[editar | editar código-fonte]

Serginho fez sua estréia no UFC em 23 de junho de 2012, no UFC 147 contra Cézar Ferreira. Ele substituiu Daniel Sarafian - que se machucou - na final do The Ultimate Fighter: Brasil.[6] Na luta, Mutante derrotou Serginho por decisão unânime.

Serginho, finalista da primeira edição do TUF Brasil entre os médios, encarou o compatriota Reneé Forte e finalizou de maneira sensacional com um mata leão em pé, no UFC 153.

Depois de quase um ano sem lutar, Serginho enfrentou americano Neil Magny, no UFC 163, no dia 3 de agosto de 2013, no Rio de Janeiro e finalizou novamente de uma forma sensacional com um triângulo na posição da montada, que ganhou o prêmio de Finalização da Noite.

Serginho era esperado para enfrentar Zak Cummings em 30 de novembro de 2013 no The Ultimate Fighter 18 Finale.[7] Porém, Cummings se lesionou e foi substituído por Sean Spencer. No entanto, Serginho se lesionou e foi substituído pelo estreante Drew Dober.[8]

Serginho era esperado para enfrentar Santiago Ponzinibbio em 13 de setembro de 2014 no UFC Fight Night: Pezão vs. Arlovski II. Porém, a luta não aconteceu devido a um problema no joelho esquerdo de Serginho, o mesmo foi substituído pelo compatriota e estreante Wendell Oliveira.

Moraes era esperado para enfrentar Peter Sobotta em 11 de abril de 2015 no UFC Fight Night: Gonzaga vs. Cro Cop 2. No entanto, uma lesão o retirou da luta e ele foi substituído por Gasan Umalatov.[9] Porém, Umalatov também se lesionou e foi substituído pelo estreante Mickael Lebout. Serginho derrotou o estreante por decisão unânime.

Uma luta entre Serginho e Peter Sobotta foi remarcada para 20 de junho de 2015 no UFC Fight Night: Jędrzejczyk vs. Penne.

Cartel no MMA[editar | editar código-fonte]

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Polónia Peter Sobotta UFC Fight Night: Jędrzejczyk vs. Penne 20/06/2015 Alemanha Berlim
Vitória 9-2 França Mickael Lebout Decisão (unânime) UFC Fight Night: Gonzaga vs. Cro Cop 2 11/04/2015 3 5:00 Polónia Kraków
Vitória 8-2 Estados Unidos Neil Magny Finalização (triângulo) UFC 163: Aldo vs. Jung 03/08/2013 1 3:13 Brasil Rio de Janeiro Finalização da Noite.
Vitória 7-2 Brasil Reneé Forte Finalização (mata leão) UFC 153: Silva vs. Bonnar 13/10/2012 3 3:10 Brasil Rio de Janeiro
Derrota 6-2 Brasil Cézar Mutante Decisão (unânime) UFC 147: Silva vs. Franklin II 23/06/2012 3 5:00 Brasil Belo Horizonte, Minas Gerais Perdeu o TUF: Brasil Peso Médio
Vitória 6–1 Peru Manuelo Morales Finalização (kimura) Jungle Fight 18 - São Paulo 20/03/2010 1 1:43 Brasil São Paulo
Derrota 5–1 Estados Unidos Brett Cooper Nocaute (soco) JF - Jungle Fight 16 17/10/2009 2 5:00 Brasil Rio de Janeiro
Vitória 5-0 Bélgica Tommy Depret Finalização (mata leão) JF - Jungle Fight 15 19/09/2009 1 3:55 Brasil São Paulo, Brasil
Vitória 4-0 Estados Unidos Josh Martin Finalização (triângulo) Bellator 12 19/06/2009 1 4:21 Estados Unidos Hollywood, Flórida
Vitória 3-0 Brasil Gérson da Silva Conceição Decisão (unânime) MTL - Final 10/11/2007 3 5:00 Brasil São Paulo
Vitória 2-0 Brasil André Santos Finalização (triângulo) MTL - Mo Team League 2 29/09/2007 1 2:07  Brasil
Vitória 1–0 Brasil Anderson Carioca Finalização (mata leão) RF - Real Fight 3 21/10/2006 1 3:51 Brasil São José dos Campos, São Paulo Estréia no MMA

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.