Saints Row: The Third

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Saints Row: The Third
Capa oficial de Saints Row: The Third
Desenvolvedora Volition, Inc.
Publicadora(s) THQ
Motor Havok
Plataforma(s) Microsoft Windows
PlayStation 3
Xbox 360
Série Saints Row
Data(s) de lançamento AN 15 de Novembro de 2011[1]
EU 15 de Novembro de 2011[1]
Gênero(s) ação e aventura, mundo aberto, Tiro em terceira pessoa
Modos de jogo um jogador, multijogador
Classificação BBFC (Reino Unido)
Inadequado para menores de 18 anos i CERO (Japão)
Inadequado para menores de 18 anos i DEJUS (Brasil)
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 15 anos i OFLCA (Austrália)
Inadequado para menores de 18 anos i PEGI (Europa)
Inadequado para menores de 18 anos i USK (Alemanha)
Mídia Computação em nuvem, disco óptico, distribuição digital
Último
Último
Saints Row 2
Saints Row IV
Próximo
Próximo

Saints Row: The Third é um jogo de ação e aventura, em mundo aberto, desenvolvido pela Volition, Inc. e publicado pela THQ. Foi lançado em 15 de Novembro de 2011 nos Estados Unidos e a França e a 18 de Novembro na Europa para Microsoft Windows, PlayStation 3, Xbox 360[1] e OnLive.[2] É o terceiro título da série Saints Row, após o lançamento de Saints Row 2 em 2008. Como em Saints Row 2, o jogador controla o líder da Third Street Saints. O mundo do jogo é a cidade fictícia de Steelport, e a historia é de ação e aventura.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Após ter derrotado rivais de Stilwater no final de Saints Row 2 e derrubado a influência da Corporação Ultor, os Saints se transformaram em superstars nacionais, linha de roupa, bebida energética, e um clube de fãs. Eles têm como alvo , Syndicate, liderada por Phillipe Loren. Depois de subornar a polícia, capturar o líder dos Saints, Johnny Gat, e Shaundi para tentar negociar um plano de negócios com eles, a bordo do jato particular de Loren. Enquanto em voo, Loren diz que eles terão permissão para viver se eles entregarem mais de dois terços de seu território em Stilwater. O líder dos Saints rejeita a oferta, com o líder dos Saints e Shaundi a escapar do jato, enquanto Johnny Gat retém os seus inimigos para comprar-lhes tempo. Johnny Gat não sobrevive.[3]

Imagem de Steelport, cidade fictícia onde se desenrola a acção de Saints Row: The Third.

Com Syndicate em pleno controle de Stilwater, Saints deslocam-se até a cidade de Steelport. Pierce é instruído a permanecer em Stilwater para garantir que tudo corra bem. Steelport é uma cidade que foi criada para fábricas e floresceu com um planeamento deficiente, desde que sofreu de insuficiência econômica, contrastando com o glamour de Stilwater. O Syndicate já começou a tomar o controle de algumas partes do Steelport, com foco em mercadorias e jogos de azar. Para estender seu alcance, o Syndicate tinha dividido o seu controle da cidade . Os The Morning Star, liderado por Loren diretamente, normalmente são os homens europeus com gosto impecável que vendem armas. O Killbane lutador mexicano controla os Luchadores, . Os Deckers, liderados por Matt Miller, hacktivista, são gênios de computador. Os Saints vêem a oportunidade de assumir o controle de Steelport desses grupos. Como a guerra se intensifica, o governo treinou a Unidade Especial Tático Anti Gangues(STAG), que tentará interromper qualquer atividade efetuada pelos Saints ou pelos Syndicate.[3]

Muito parecido com jogos anteriores da série Saints Row, vários personagens famosas dão a sua voz no jogo. Daniel Dae Kim representa seu papel como Johnny Gat, Sasha Grey dá voz a Viola DeWynter, Hulk Hogan wrestler profissional dá voz ao aliado dos Saints, Anjo De LaMuerte,[4] e Natalie Lander voz do ex-agente do FBI e aliado dos Saints, Kinzie Kensington. O designer de jogos, Tomonobu Itagaki também é estrela no jogo como personagem jogável.[5]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

The Third mantém a mistura de ação em terceira pessoa e sequências de condução em mundo aberto, um formato de guerra urbana que é tradicional na série Saints Row. O jogador, como o líder da Third Street Saints, pode explorar a cidade de Steelport, realizando missões principais para o progresso da história do jogo e missões secundárias. Estas missões secundárias incluem atividades, mini-jogos iniciadas em vários pontos no mundo do jogo, fortalezas, bases de gangues rivais que podem ser tomadas para controlar mais de uma seção de Steelport e; Flashpoints, guerra de gangues. A conclusão com êxito das missões pode o jogador ganhar dinheiro, armas, carros e respeito de gangue. Nos anteriores jogos Saints Row utilizava-se o respeito como uma maneira de desbloquear missões da história; o respeito em The Third usa-se como pontos de experiência que o jogador pode então usar para melhorar atributos específicos de seu caráter, tais como habilidades de combate corpo a corpo ou armas de fogo.[3] Um sistema de nivelamento é introduzido, e o jogador seleciona esses atributos, ou "benefícios", cada vez que o personagem do jogador é sobe no nivel. O dinheiro pode ser usado para comprar itens de vestuário, armas e carros, ou pode ser usado para atualizar as armas e os carros com características únicas, como a adição de escopos ou barris extra para uma arma, que são então armazenados no arsenal do jogador.[3] Dinheiro também pode ser usado para atualizar o gangue Saints, personalizar a sua aparência, roupas, e sede. O sistema "Initiation Station", permite aos jogadores carregar suas personagem criadas para a comunidade on-line de The Third, e baixar criações de outros jogadores para usar no seu jogo.[6] Dentro do The Third, o jogador pode definir até quatro estilos de aparência diferentes para o seu gangue.[3] Finalmente, o dinheiro também é usado para compra de lojas e outras propriedades dentro de Steelport, que por sua vez, irá tornar-se um fluxo estável de renda para o grupo ao longo do tempo.[3] Ao completar algumas missões, o jogador pode ser dada uma escolha de opções para finalizar a missão. Por exemplo, eles podem optar por destruir o barco de um gang rival, incluindo as prostitutas a bordo, ou em vez capturá-lo, e enviar as prostitutas para a sede dos Saints para elevar o moral da turma. Em outro caso, o jogador tem a opção de usar uma bomba gigantesca para demolir um dos arranha-céus na cidade, embora eles vão ganhar um grande respeito pela acção, que irá alterar o horizonte da cidade para o resto do jogo e causar as personagens não-jogáveis a reagir de forma diferente para com os Saints, deixando de pé a construção permite que seja usado como uma sede para o Saints.[3] Novas atividades foram introduzidas ao lado de muitos dos anteriores jogos Saints Row.[3]

Em The Third o jogador tem a possibilidade de realizar ataques aéreos com aviões VTOL.

O Arsenal do jogador é apresentado como uma bússola pop-up através do qual as armas são equipadas com o stick analógico. Os jogadores irão ganhar a habilidade de invocar os ataques aéreos sobre os inimigos acampados, ou usar um bug do controle remoto elétrico para controle de veículos remotamente.[3] Ao contrário dos dois primeiros jogos, não há itens de recuperação de saúde em favor da melhoria do sistema de granadas; em troca, a saúde do jogador irá se regenerar mais rapidamente, desde que fique fora da linha de fogo.[3] Quase todas as ações no jogo pode ser aceleradas mantendo um botão segundo controlador, apelidado pela Volition, Inc. como o "botão altamente", por exemplo, quando ao assaltar um carro, mantendo este botão pressionado fará com que o personagem do jogador faça um chuto de míssil atirando o condutor para fora do banco, num curto espaço de tempo.[3]

Além do modo single-player, o jogo pode ser jogado cooperativamente com outro jogador.[3] Como em Saints Row 2, o segundo jogador pode participar em todas as missões e atividades, ganhando crédito para a sua conclusão. Certas atividades prevêem regras diferentes quando um segundo jogador está presente, por exemplo, na atividade Anjo da Guarda, o segundo jogador terá que controlar o tigre no banco de trás enquanto o primeiro jogador conduz.[3] Devido ao foco sobre os modos para um jogador e cooperativo a Volition, Inc. retirou o multiplayer competitivo para este título.[3]

Estrutura das Missões[editar | editar código-fonte]

Em jogos anteriores de Saints Row, o jogador seria capaz de abordar cada uma dos três gangues rivais ao longo de histórias separadas que finalmente culminariam numa conclusão final. Em The Third, o enredo entre os três grupos estão interligados, e as decisões que o jogador faz para lidar com uma facção pode alterar o comportamento de outras facções para o jogador ou missões que podem estar disponíveis mais tarde.[3] Os desenvolvedores se concentraram no desenvolvimento de um enredo em aberto, a maioria das missões de historia podem ser concluídas em várias maneiras, e as decisões que o jogador faz sobre estas missões acabará por afetar o final do jogo.[7]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

The Third foi idealizado no início de setembro de 2008, nos estágios iniciais de produção.[8] Uma apresentação foi realizada pela THQ em fevereiro de 2009, onde a sua linha para os próximos anos foi anunciada. A apresentação anunciou que o The Third foi projetado para o ano financeiro de 2011.[9] Numa entrevista para a edição de dezembro 2009 da revista Game Informer, o vice-presidente da THQ, Danny Bilson, anunciou que The Third' tinha estreia na feira E3 2010, e que manteria o estilo dos seus antecessores.[10]

Durante a E3 2010, ele revelou que o jogo não iria estrear lá, mas em vez disso ser mostrado no Spike Video Game Awards em dezembro.[11] Ele também revelou que a THQ planeia lançar um filme de Saints Row, bem como de mercadorias diversas, como um jogo de cartas colecionáveis ​​e livros.[12] Na E3, a THQ anunciou Saints Row: Drive-By. Era para ser lançado na Nintendo 3DS e PlayStation Network e na Xbox Live, como parte de uma estratégia de marketing para o The Third.[13] Durante a Spike Video Game Awards, Volition, Inc. anunciou inSANE, uma colaboração com Guillermo del Toro, em vez de The Third.[14] Foi anunciado oficialmente para o Q4 de 2011 em 2 de março de 2011, num comunicado de imprensa pela THQ.[15] Em maio de 2011, THQ anunciou que The Third empatou Saints Row: Drive-By tenha o seu desenvolvimento sido cancelado.[16]

Quanto ao motor de jogo, representantes da Volition, Inc. disseram o seguinte: "No que diz respeito a considerações sobre Geo-Mod 2, temos essa pergunta muito compreensivelmente, e a resposta é sim, nós consideramos mas acabou por não ter entrando. Nesse sentido por duas razões. Uma, teria sido muito, muito difícil de fazer. teria sido possível, mas difícil. Dois, eu acho que você poderia fazer o argumento de que entregar esse nível de destruição sem dúvida cria um jogo que é diferente para o que os fãs da franquia têm vindo a esperar".[17] Isso significa que Saints Row: The Third não vai usar o Geo-Mod de qualquer maneira possível.

Recepção[editar | editar código-fonte]

Criticas Profissionais[editar | editar código-fonte]

 Recepção
Resenha crítica
Publicação Nota
Oficial Xbox Magazine 9.5/10 [18]
Play Magazine 8.8/10 [19]
IGN 8.5/10 [20]
1UP B+ [21]
Eurogamer Portugal 7/10 [22]
Pontuação global
Publicação Nota média
Metacritic 82% (PS3) (4 criticas)[23]
87% (X360) (10 criticas)[24]

A Oficial Xbox Magazine atribuiu ao jogo a pontuação de 9.5 em 10. Eles elogiaram o jogo pela sua ação de mundo aberto, momentos de acção superior, auto-consciente senso de humor e diversão multiplayer e cooperativo. Sua maior queixa era de que as missões da história em si não permite muita criatividade ou improvisação à maneira que o mundo aberto faz.[18]

A revista Play atribuiu ao jogo 88/100, afirmando: "Ele tem seus problemas, tem seus inconvenientes, mas Saints Row: The Third é uma devassa total, um saco totalmente cheio de risos. É difícil não gostar de qualquer jeito, e ainda mais difícil não gostar de como uma campanha bastante agradável.".[19]

O site 1UP descreve que "Saints Row: The Third é o mais jogo mais louco que você já jogou. Nunca tínhamos visto um jogo tão cheio de coisas como trabalhadores do sexo, cameos de celebridades bizarras, e cenas de topo como este antes (...) pondo de lado a parte medíocre, não obstante, Saints Row: The Third é tão louco que você não se pode enganar com este jogo - desde que você não seja do tipo que gostaria de receber o jogo conscientemente com senso de humor juvenil."[21]

O site IGN atribui uma nota de 8.5/10 para a versão Xbox 360 afirmando que: "Ultimas Noticias: As pessoas acham o sexo e a violência divertidos. Saints Row: The Third dá ao povo o que eles querem e atira-nos para um parque temático adulto de mundo aberto onde podemos deliciarmo-nos com atos de derramamento de sangue e perversão. Ele [o jogo] não se leva demasiado a sério e só pede para você não o fizer também."[20]

A Eurogamer Portugal atribui uma nota de 7/10 referindo que: "Contudo, por muito divertido que seja, Saints Row: The Third fica aquém daquilo que poderia ter sido. De inovador não tem nada, e isso era algo fundamental para que a série pudesse sair da sombra de Grand Theft Auto. Se calhar alguns até preferem, ou vão ficar a preferir depois de jogarem, o título da Volition em relação ao da Rockstar, mas a verdade é que Saints Row: The Third apenas pega naquilo que já conhecemos e adiciona-lhe dildos e entradas a pés juntos em veículos. Com isto, ganha o título de jogo mais maluco do ano. Ou talvez não. Shadows of the Damned consegue exceder-se ainda mais neste aspeto."[22]

Vendas[editar | editar código-fonte]

Em 2 de novembro de 2011, Brian Farrell da THQ anunciou que Saints Row: The Third já é o título mais pré-encomendado na história da série. Na verdade, o jogo tem quatro vezes o número de pré-encomendas de Saints Row 2 tinha duas semanas antes de seu lançamento.[25] A THQ estima que o jogo tenha lançado com mais de 3 milhões de unidades antes do ano fiscal da editora que termina em março de 2012. Em comparação, Saints Row 2, lançado em outubro de 2008 e vendeu 2,6 milhões até o final do ano fiscal.[26]

Referências

  1. a b c Purchese, Robert (9 June 2011). European Saints Row release date Eurogamer. Visitado em 15 Agosto 2011.
  2. Saints Row: The Third Pre-Order (27 July 2011). Visitado em 27 Julho 2011.
  3. a b c d e f g h i j k l m n o Ryckert, Dan. (February 2011). "Embracing The Crazy: Saints Row The Third". Game Informer: 48–57. GameStop Corporation.
  4. Celebrities? I Got Your Celebrities Right Here Saints Row: The Third official website (19 July 2011). Visitado em 19 July 2011.
  5. TGS 2011: Saints Row: The Third Hands-On Preview Gamespot Australia (15 September 2011). Visitado em 15 September 2011.
  6. Announcing Saints Row: The Third's Initiation Station! Saints Row: The Third official website (5 May 2011). Visitado em 5 May 2011.
  7. Channell, Mike. (May 2011). "Holy Inappropriate: Saints Row The Third". Official Xbox Magazine UK (72). Future plc.
  8. Guttridge, Luke (25 September 2008). Dan Sutton on Saints Row 2 Play.tm. Visitado em 25 Julho 2009.
  9. Sinclair, Brendan (Abril 2, 2009). THQ planning Red Faction 4, Darksiders 2 GameSpot. Visitado em Julho 25, 2009.
  10. Haas, Peter (21 dezembro 2009). Saints Row 3 Debuting At E3 2010 Blend Games. Visitado em Dezembro 27, 2009.
  11. Robinson, Andy (16 June 2010). Saints Row 3 skips E3 to 'rebuild tech' CVG. Visitado em 17 Junho 2010.
  12. Magrino, Tom (15 Junho 2010). THQ confirms Saints Row film GameSpot. Visitado em 17 Junho 2010.
  13. Brightman, James (29 Junho 2010). Nintendo 'Really Wanted' Saints Row on 3DS, reveals THQ Industry Gamers. Visitado em 30 Junho 30, 2010.
  14. Press release (13 December 2010). THQ and Oscar-Winning Writer and Director Guillermo del Toro to create inSANE Trilogy of Original Video Games THQ. Visitado em 14 December 2010.
  15. Press release (2 March 2011). STRAP IT ON THIS HOLIDAY WITH SAINTS ROW®: THE THIRD THQ. Visitado em 2 March 2011.
  16. Fletcher, JC (4 May 2011). THQ: 'We are not developing Saints Row: Drive By' Joystiq. Visitado em 6 Maio 2011.
  17. http://www.nowgamer.com/news/996135/saints_row_the_third_studio_considered_red_faction_engine.html
  18. a b http://www.oxmonline.com/saints-row-third-review
  19. a b metacritic.com - critic reviews
  20. a b ign.com An open world adult theme park where we can treat ourselves to delightful acts of bloodshed and perversion
  21. a b 1up.com Review: Saints Row: The Third is The Craziest Game You've Ever Played
  22. a b eurogamer.pt O jogo mais maluco do ano?
  23. metacritic.com - ps3 (Página visitada em 11-11-2011)
  24. metacritic.com - x360 (Página visitada em 11-11-2011)
  25. http://www.psxextreme.com/ps3-news/10105.html
  26. http://www.joystiq.com/2011/11/04/saints-row-the-third-pre-orders-surpass-those-of-the-second/

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]