Sandomierz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sandomierz
Sandomierz flaga.svg POL Sandomierz COA.svg
Sandomierz Town Hall 20051004 1200.jpg
Voivodia Santa Cruz
Powiat Sandomierz
Administrador municipal Jerzy Borowski
Área 28,8 km²
População (2006) 25 646 habitantes
Densidade 890,4 hab/km²
Fundação 1227
Código telefônico 15
Matrículas de automóveis TSA
Website www.sandomierz.pl
Localização
Localização de Sandomierz na Polónia 50° 41' N 21° 45' E
Cidade da Polónia Flag of Poland.svg

Sandomierz (Sandomir) (pronúncia Ltspkr.png [san'domʲɛʂ]) é uma cidade no sudeste da Polônia com 25 646 habitantes (2006). Situada na voivodia de Santa Cruz (desde 1999), anteriormente na voivodia de Tarnobrzeg (1975-1998). É a capital do condado de Sandomierz (desde 1999). A cidade velha em Sandomierz é uma das mais conhecidas da Polônia.

História[editar | editar código-fonte]

Praça da cidade velha em Sandomierz.

Sandomierz é uma das mais antigas e históricas cidades da Polônia. Achados arqueológicos, ao redor da cidade, indicam que seres humanos habitam a área desde o período neolítico. A cidade surgiu no início da Idade Média, devido a sua excelente localização na junção dos rios Vístula e San e no trajeto de importantes rotas de comércio.

A primeira menção conhecida da cidade data do início do século XII, quando o cronista Gallus Anonymus classificou-a juntamente com as cidades de Cracóvia e Wrocław como uma das principais da Polônia. No testamento de Bolesław Krzywousty, em que ele dividiu a Polônia entre seus filhos, Sandomierz foi designada como a capital de um dos principados resultantes.

Ao longo do século XIII a cidade sofreu saques e devastações com as invasões mongóis em 1241, 1259 e 1287. Os antigos prédios de madeira da cidade foram completamente destruídos. Em conseqüência, em 1286 a cidade foi efetivamente refundada por Leszek Czarny, quando recebeu os privilégios de cidade. O documento da fundação ainda está preservado nos arquivos da cidade.

Depois que as terras polonesas foram reunificadas no século XIV, os antigos principados formaram a voivodia de Sandomierz, incorporando grandes porções de terras do sudeste da Polônia. Nesse tempo Sandomierz tinha cerca de 3000 habitantes e era uma das maiores cidades da Polônia. No meio do século XIV a cidade foi novamente incendiada durante a invasão dos lituanos. Foi reconstruída no reinado de Casimiro III da Polônia. O traçado da cidade permanece praticamente o mesmo desde aqueles tempos até hoje.

Os trezentos anos que se seguiram, até o meio do século XVII, foram muito prósperos para a cidade. Os prédios históricos mais importantes foram construídos nesse período. Seus anos dourados terminaram em 1655 quando as forças suecas capturaram a cidade durante o Dilúvio, um período negro da história da Polônia. Depois de curta permanência na cidade, os suecos retiraram-se após explodirem o castelo e causarem sérios danos a outros edifícios. Nos próximos 100 anos a economia da Polônia sofreu um declínio, que também afetou a cidade. Um grande incêndio em 1757 e a primeira partição da Polônia em 1772, que passou Sandomierz para o domínio da Áustria, reduziram sua importância. Em conseqüência, Sandomierz perdeu o seu papel de capital administrativa.

Em 1809 a cidade sofreu danos durante as lutas entre as forças da Áustria e o Ducado de Varsóvia no período das Guerras Napoleônicas. Depois de 1815 ela foi anexada ao Império Russo (Polônia do Congresso). Nessa ocasião ele possuía 2640 habitantes.

A cidade mais uma vez sofreu sérios danos durante a Primeira Guerra Mundial. Em 1918 novamente ela fez parte da Polônia independente. No período de entre-guerras a cidade tornou-se a capital da Região Industrial Central, o principal esforço da Polônia para o desenvolvimento de suas indústrias estratégicas. Contudo, o projeto foi interrompido pelo início da Segunda Guerra Mundial e a cidade não se tornou um centro industrial. Em setembro de 1939, após a invasão alemã da Polônia, a cidade foi ocupada pela Alemanha e fez parte do Governo Geral. A população de judeus da cidade, constituída de cerca de 2.500 pessoas, pereceu durante o Holocausto, a maioria nos campos de extermínio de Bełżec e Treblinka. A cidade foi capturada pelo exército soviético em agosto de 1944.

Durante o período em que a cidade fez parte da comunista República Popular de Polônia o maior desenvolvimento industrial ocorreu em Sandomierz, preservando o seu aspecto de pequena cidade cheia de monumentos históricos e paisagens preservadas. Em 1999 a cidade tornou-se a capital de condado.

Atrações turísticas[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]