Santos Iriarte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Abril de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Victoriano Santos Iriarte foi um futebolista uruguaio (Canelones, 2 de Novembro de 1902 - Montevidéu, 10 de Novembro de 1968).

Desempenhava-se como ponteiro direito, tendo passado pelo Racing Club Montevideo antes de se destacar no Peñarol. Tinha 1,70 m e 68 kg e ostentava um chute potente e muito preciso que vencia arqueiros a longa distância como o famoso gol que fez sobre o guarda-redes argentino Juan Botasso que voou sem achar a bola no terceiro gol uruguaio na final do mundial de 1930.

Iriarte marcou dois golos na primeira competição envolvendo selecções de todos os quadrantes do mundo. Mas seis anos antes, havia abandonado a delegação, juntamente com Pascual Somma em uma crise de saudades às vésperas dos Jogos Olímpicos a serem disputados em Paris.

Era chamado de El Canario pelo facto de ter nascido no departamento de Canelones, colonizado por imigrantes oriundos das Ilhas Canárias.

Bandeira de UruguaiSoccer icon Este artigo sobre futebolistas uruguaios é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.