Sergei Natanovich Bernstein

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sergei Natanovich Bernstein
Matemática
Dados gerais
Nacionalidade Soviético
Nascimento 5 de março de 1880
Local Odessa
Morte 26 de outubro de 1968 (88 anos)
Local Moscou
Atividade
Campo(s) Matemática
Alma mater Universidade de Paris
Tese 1904: Sur la nature analytique des solutions des équations aux dérivées partielles du second ordre
Orientador(es) Charles Émile Picard e David Hilbert[1]
Orientado(s) Yakov Geronimus, Sergey Stechkin
Conhecido(a) por Polinômios de Bernstein

Sergey Natanovich Bernstein (em russo: Сергей Натанович Бернштейн; Odessa, 5 de março de 1880Moscou, 26 de outubro de 1968) foi um matemático soviético.

Sua tese de doutorado, defendida em 1904 na Sorbonne, resolveu o décimo-nono problema de Hilbert sobre a solução analítica de equações diferenciais elípticas. Publicou diversos trabalhos em teoria da probabilidade, fundamentos matemáticos da genética entre outros.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • S.N.Bernstein, Collected Works (em russo):
    • vol. 1, The Constructive Theory of Functions (1905-1930), translated: Atomic Energy Commission, Springfield, Va, 1958
    • vol. 2, The Constructive Theory of Functions ((1931-1953)
    • vol. 3, Differential equations, calculus of variations and geometry (1903-1947)
    • vol. 4, Theory of Probability. Mathematical statistics (1911-1946)
  • S.N.Bernstein, The Theory of Probabilities (Russian), Moscow, Leningrad, 1946
  • Y.I.Lyubich, Bernstein algebras (Russian), Uspekhi Mat. Nauk, 1977

Ligações externas[editar | editar código-fonte]