Somebody Up There Likes Me

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Somebody Up There Likes Me
Marcado pelo Ódio (PT)
Marcado pela Sarjeta (BR)
1956 • p&b • 114 min 
Direção Robert Wise
Roteiro Ernest Lehman
Elenco Paul Newman
Pier Angeli
Everett Sloane
Género Drama
País Estados Unidos
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Somebody Up There Likes Me (br.: Marcado pela Sarjeta, pt: Marcado pelo Ódio) é um filme estadunidense de 1956 do gênero "Drama", dirigido por Robert Wise. O roteiro de Ernest Lehman foi baseado na vida do lendário boxeador novaiorquino Rocky Graziano. A música-tema é cantada por Perry Como.

O papel do protagonista era para ser de James Dean mas o ator morreu antes do começo das filmagens.[1]

Além do primeiro personagem principal de Paul Newman, o filme é notável também por ser a primeira aparição no cinema do futuro astro Steve McQueen. Outros estreantes foram Frank Campanella, Robert Loggia e Dean Jones, todos sem créditos.

Elenco Principal[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Rocky Barbella é filho de uma família de descendência italiana que vive num bairro pobre em Nova Iorque no início dos anos de 1930. Seu pai é um ex-lutador de boxe frustrado e Rocky tem dificuldades de relacionamento com ele. Com muito sentimento de raiva, Rocky é internado e foge várias vezes de um internato cristão. Depois da última fuga, ele reúne sua gangue de infratores juvenis e pratica muitos roubos e espancamentos até ser preso pela polícia. Depois de passar vários anos na cadeia, ele é obrigado a se alistar no exercito em 1942. Ele bate em um oficial e escapa. Sem dinheiro, ele começa a participar de lutas de boxe usando o nome de Graziano (de um vinho italiano). Sua carreira vai bem com a ajuda do empresário Cohen, mas logo a polícia do exército o localiza e o leva a corte marcial. Condenado, Rocky passa preso mais um ano em regime de trabalhos forçados. Quando sai, está em ótima forma e volta ao boxe, dessa vez para ser campeão mundial dos médio-ligeiros.

Premiação[editar | editar código-fonte]

Oscar [2] [editar | editar código-fonte]

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

Há quem afirme que a vida do lutador inspirou outro filme ganhador do prêmio Oscar, trata-se de Rocky, filme que imortalizou o ator Sylvester Stallone.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Wise, Robert, (2006). - Somebody Up There Likes Me Commentary. - Turner Entertainment.
  2. NY Times: Somebody Up There Likes Me NY Times.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]