The Six Million Dollar Man

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Six Million Dollar Man
O homem de seis milhões de dólares (BR)
Logotipo da série O Homem de seis Milhôes de Dolares
Informação geral
Formato Seriado
Duração 60 min.
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Elenco Lee Majors
Richard Anderson
Lindsay Wagner
Exibição
Emissora de
televisão original
Estados Unidos ABC
Transmissão original 18 de Janeiro de 1974 - 6 de Março de 1978
N.º de temporadas 5
N.º de episódios 100

The Six Million Dollar Man foi uma série de televisão norte-americana produzida e exibida entre 1974 a 1978 pelo canal ABC.

A série é sobre o ciborgue Steve Austin, interpretado pelo ator Lee Majors. No Brasil a série se denominou O Homem de Seis Milhões de Dólares ou também de O Homem Biônico. A série era na época costumeiramente reprisada pela Rede Bandeirantes.

O programa se baseou no livro Cyborg de Martin Caidin de 1972, que se tornou um best-seller, com três sequências: Cyborg II: Operation Nuke, Cyborg III: High Crystal, e Cyborg IV. A série foi antecedida por três filmes de televisão, de 1973.

O primeiro filme, com o mesmo nome da série mas que também ficou conhecido como Cyborg: Six Million Dollar Man (que deu origem ao outro nome que a série ficou conhecida no Brasil:"Ciborgue, o homem de seis milhões de dólares").

O programa trazia episódios de 60 minutos, produzidos por Harve Bennett. Deu origem (spin off) à série da "Mulher Biônica" ou The Bionic Woman.

A idéia da "mulher biônica" apareceu em 1975, num episódio de duas partes chamado "The Bionic Woman". Nele, aparece a personagem de Jaime Sommers, uma jogadora de tênis profissional e antigo interesse amoroso de Austin, que sofreu a cirurgia dos implantes biônicos após ter se acidentado em uma queda de paraquedas. Seus implantes eram similares a de Austin, mas na história falham e ela morre. Com a popularidade da personagem, ela foi revivida na temporada seguinte (por intermédio da criogenia), ganhando em 1978 sua própria série.

Tramas[editar | editar código-fonte]

O coronel e ex-astronauta Steve Austin trabalha como agente de campo para a OSI - sigla usualmente identificada como Office Scientific Intelligence (algo como Departamento de Inteligência Científica).

Ele começou ali depois de ter sofrido um acidente (mostrado na abertura do seriado) com um avião Northrop M2-F2 (embora num episódio "The Deadly Replay", tenha sido feito referência a um Northrop HL-10). Foram usados fotogramas originais da NASA de um acidente real de 1967 com o piloto Bruce Peterson (ref.:[1]). No episódio de abertura da série "Population Zero", foi introduzido um novo elemento: a voz de Oscar Goldman narrando a criação do homem biônico.

No acidente fictício, Austin foi severamente machucado, tendo sido reconstruído em uma cirurgia experimental que custou seis milhões de dólares. Assim, seu braço direito, suas pernas e seu olho esquerdo destroçados, foram substituídos por implantes chamados de "biônicos". Com isso, ele passou a ter sua força e visão ampliada (permitia um zoom de 20 por um) e na corrida, podia chegar a 90 quilômetros por hora.

Filmes[editar | editar código-fonte]

(1973) - Adaptação do livro feita por Howard Rodman (com o pseudônimo de Henri Simoun).Indicado para o prêmio Hugo (Hugo Award). Na história do filme, Austin era um astronauta civil e não oficial da Força Aérea. O filme introduziu os sons eletrônicos característicos da série, a corrida em câmara lenta (slow motion), para simular o efeito contrário (provavelmente inspirado nas cenas de ação de Kung Fu), ou seja, a velocidade. No filme aparece também o personagem de Oscar Goldman (chamado de Oliver Spencer, interpretado por Darren McGavin), o supervisor de Austin da organização chamada OSO. O líder do projeto dos implantes biônicos era o Dr. Rudy Wells (Martin Balsam). Em outras ocasiões o cientista seria interpretado por Alan Oppenheimer e Martin E. Brooks.

Outros filmes ainda em 1973:Wine, Women and War e Solid Gold Kidnapping. O último fime, produzido por Glen A. Larson, introduziu a ambientação de James Bond para a série e restabeleceu Austin como um coronel da Força Aérea.

Steve Austin e Jaime Sommers retornaram em três sequências feitas para a TV: The Return of the Six Million Dollar Man and the Bionic Woman (1987), Bionic Showdown (1989) - com Sandra Bullock como uma nova mulher biônica; e Bionic Ever After? (1994) em que Austin e Sommers finalmente se casam. Majors faz o papel de Steve Austin em todas as sequências, acompanhado também de Richard Anderson e Martin E. Brooks. No filme de 1987 o avião do acidente foi mudado para "M3F5", sigla usada no livro original.

Nos anos 1990 o diretor Kevin Smith escreveu um roteiro (DVD "An Evening with Kevin Smith 2: Evening Harder" de 2006), pretendendo Chris Rock para o papel.

Em 2003,announcement foi anunciado o projeto com Jim Carrey.

Em 2007, o canal NBC exibiu a versão da Bionic Woman com elementos retirados de The Six Million Dollar Man. Jaime Sommers teve um olho biônico implantado, além das tradicionais habilidades.

Principais personagens[editar | editar código-fonte]

Atores convidados[editar | editar código-fonte]

Elizabeth Ashley, Kim Basinger, Noah Beery Jr., Sonny Bono, Gary Collins, Jack Colvin, Yvonne Craig, Larry Csonka, Dana Elcar, Erik Estrada, Maurice Evans, Mike Farrell, Beverly Garland, Katherine Helmond, Earl Holliman, Jayne Kennedy, Gerald McRaney, Don Porter, Stefanie Powers, Pernell Roberts, Dale Robertson, Dick Sargent, John Saxon, Anne Schedeen, William Shatner, Suzanne Somers, Rick Springfield, George Takei, Kevin Tighe, Ray Walston dentre muitos outros. George Foreman, também teve uma participação.

Os implantes[editar | editar código-fonte]

Steve Austin mostra a força do braço biônico em foto publicitária de 1973
  • Olho Biônico equipado com uma lente com zoom, que ampliava a visão normal em 20 vezes e também permitia enxergar à noite. O letreiro de 20.2:1 foi conseguida por computação gráfica e foi usada na abertura. No texto original de Caidin, o olho de Austin era uma câmara comum que ele podia remover após o uso, tornando-se cego do lado esquerdo. Mais tarde, o olho ganhou a habilidade de emitir raios laser (esta habilidade foi mostrada na primeira revista em quadrinhos Six Million Dollar Man, publicada pela Charlton Comics, publicada no Brasil pela Editora Bloch e EBAL[1] [2] [3] mas não aparece na série).
  • Pernas biônicas, permitiam correr pelo menos 90 quilômetros por hora.
  • Braço biônico, além de aumentar a força de Austin, o braço era equipado com um contador Geiger (introduzido no episódio The Last of the Fourth of Julys).

Os implantes podem falhar sob frio intenso, mas retomam as funcionalidades na temperatura ambiente. Quando Austin usava seus implantes, eram ouvidos ruidos eletrônicos característicos da série.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre séries de televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.