União da Europa Ocidental

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Não deve ser confundida com a União Europeia (UE), a União da Europa Ocidental (UEO) (em inglês: Western European Union - WEU) é uma organização de defesa europeia parcialmente inactiva. Foi estabelecida pelo Tratado de Bruxelas em 1954, que modificou o Tratado de Bruxelas de 1948, que instituiu a União Ocidental, na sequência da Conferência de Londres (Conferência dos 9), e formada pelos Estados membros da NATO e da União Europeia (excepto a Dinamarca) antes de ser expandida em Junho de 2004.

O Tratado de Bruxelas[editar | editar código-fonte]

O Tratado de Bruxelas foi assinado pelo Reino Unido, França, Bélgica, Luxemburgo e Holanda em 17 de Março de 1948. Era um acordo de defesa mútua intergovernamental que também promovia colaboração económica, cultural e social. Com o resultado do fracasso da Comunidade Europeia de Defesa em 23 de Outubro de 1954, a UEO foi estabelecida com a incorporação da então República Federal da Alemanha e Itália.

A maioria de suas funções estão em processo de serem fundidas com as da UE. A Assembleia do Parlamento da UEO é composta de delegações dos Estados membros da Assembleia do Conselho da Europa, que, temerosa de sua existência caso a fusão ocorra, tem se propagado como Assembleia Europeia de Segurança e Defesa.

A fusão era para acontecer em 2000, porém, em 2004, ainda estava em inactividade.

Presidente[editar | editar código-fonte]

A presidência da UEO tem duração de seis meses. Quando o Presidente do Conselho também é membro da UE, torna-se Presidente da UEO. Quando não é o caso, outro membro torna-se o Presidente. Até 1 de Julho, Luxemburgo era Presidente até passá-la ao Reino Unido. Certamente o Reino Unido conseguirá um segundo mandato em 1 de Janeiro de 2006 quando a Áustria tomar posse da Presidência da UE.

Eurofor[editar | editar código-fonte]

A Eurofor (European Operational Rapid Force) é a força militar da UEO, operacional desde Junho de 1998. Em 15 de Maio de 1995, o Conselho de Ministros da UEO se encontrou em Lisboa. A declaração da fundação da Eurofor foi feita pela França, pela Itália, pela Espanha e por Portugal.

Estados membros[editar | editar código-fonte]

A UEO tem 10 países membros, 6 países membros associativos, 5 observadores e 7 parceiros. São os seguintes:

Vermelho: Membros, Verde: Associado, Azul: Observador, Roxo: Parceiro.

Países membros: (modificação do Tratado de Bruxelas - 1954)

Nações com totais poderes de votação, membros da NATO e da União Europeia.

Associados: (Roma - 1992)

Países membros da OTAN mas não da União Européia.

Observadores: (Roma - 1992)

Países membros da União Européia, mas não da OTAN. A Dinamarca é uma exceção, sendo membro dos dois.

Países Permanentes Recentes - 2007.

Que são permanentes na União Européia e na Otan. Mas sua recente entrada é recente.

Parceiros:

Países que não pertencem à NATO mas sim à União Europeia desde 2004:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]