Wilm Hosenfeld

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wilm Hosenfeld
Nascimento 2 de Maio de 1895
Mackenzell
Morte 13 de agosto de 1952 (57 anos)
Stalingrado
País Império Alemão Império Alemão até 1918
República de Weimar República de Weimar 1919 — 1933
Alemanha Nazi Alemanha Nazi 1933 - 1945
Força  Reichswehr
 Deutsches Heer
Anos em serviço 1914–1917,
1939–1945
Hierarquia Capitão
Batalhas/Guerras Primeira Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial

Wilm Hosenfeld (Mackenzell, 2 de maio de 1895Stalingrado, 13 de agosto de 1952) foi um militar alemão da Segunda Guerra Mundial, que salvou pessoas, entre elas o judeu Władysław Szpilman, quando este se escondia dos nazistas.[1]

Ao final da guerra, foi preso pelo Exército Vermelho. Apesar dos vários pedidos de Szpilman e outros judeus ajudados por ele, os soviéticos negaram, duvidando de que ele não estivesse envolvido em crimes de guerra. Hosenfeld acabou por morrer na URSS na prisão.[1]

No filme O Pianista, que conta a história de Szpilman, Hosenfeld foi interpretado por Thomas Kretschmann.

Referências

  1. a b Wilm Hosenfeld (em inglês) Hitler's Children. Página visitada em 11 de junho de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.