Xenogears

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Xenogears
Produtora Square
Plataforma(s) PlayStation (console) PlayStation Network
Data(s) de lançamento 1998
Gênero(s) RPG
Modos de jogo Single Player
Número de jogadores 1
Média 2 Cds Rom
Controles Gamepad

Xenogears (ゼノギアス, Zenogiasu?) é um RPG desenvolvido e publicado pela Square (agora Square Enix) para o console PlayStation. Foi lançado em 1998 no Japão e na América do Norte.

Xenogears acompanha a aventura de Fei Fong Wong e vários outros em sua batalha por sobrevivência em um mundo ameaçado pela guerra entre as nações de Aveh e Kislev. Os princípios e filosofias de Friedrich Nietzsche, Sigmund Freud, Carl Jung e Jacques Lacan, bem como vários temas religiosos, influenciam fortemente o enredo e o mundo de Xenogears. Um dos temas principais do jogo é a natureza da memória humana: desde o início do jogo, Fei sofre de perda da memória, que ilustra suas interações com outros personagens. Além do conceito de memória, o conflito entre homem e máquina também é central ao enredo do jogo. Os personagens controláveis podem manusear robôs gigantes conhecidos como Gears e utilizá-los em batalha.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Os nove personagens controláveis de Xenogears originam-se de diversas áreas do mundo do jogo. A história começa em Ignas, um continente com duas nações, Aveh e Kislev. Fei e Citan se encontram nessa região, mas posteriormente se revela que eles são oriundos das cidades capitais Aphel Aura e Etrenak dos países flutuantes Shevat e Solaris, respectivamente. Fei é o protagonista da história e não possui memórias do seu passado. Citan é um homem cujos conhecimentos sobre o mundo e a tecnologia auxiliam a equipe com frequência. Bart, um pirata do deserto oriundo de Ignas, é o herdeiro do trono de Aveh. Rico, um meio-humano de força incrível, vive em uma prisão de Kislev como campeão de batalhas entre Gears. Solaris, uma cidade oculta detentora de tecnologias avançadas, é o lar de muitos personagens no jogo. Billy, um membro fiel do grupo religioso Ethos, é de origem Solariana. Elly, uma oficial Gebler de Solaris, tem o destino de acompanhar Fei e se apaixona por ele ao longo do jogo. Maria e Chu-Chu são de Shevat, a cidade voadora que resiste à hegemonia de Solaris. Emeralda é uma criatura humanoide construída por uma civilização antiga a partir de uma colônia de nanomáquinas e resgatada nas ruínas da antiga Zeboim. Personagens não controláveis com papel relevante incluem Krelian e Miang, ambos líderes de Solaris com a missão de reviver Deus, uma divindade mecânica que caiu no mundo a milhares de anos. Os dois são os principais antagonistas do jogo. Grahf, um homem misterioso dotado de imensos poderes, também assume um papel antagônico, seguindo a equipe de Fei e enfrentando os heróis com frequência e sem revelar seus objetivos inicialmente. Fei, Elly e Miang reencarnam diversas vezes ao longo da história do jogo.

História[editar | editar código-fonte]

O continente de Ignas, no hemisfério norte do nosso mundo. Neste, o maior continente, uma guerra tem seguido entre dois países por séculos. Ao norte do continente jaz o Império de Kislev e ao sul, o Reino do Deserto de Aveh. A guerra durou tanto tempo que as pessoas se esqueceram do motivo, conhecendo apenas o círculo sem fim de hostilidade e tragédias. A obsessão pela guerra em breve encontraria uma mudança devastadora.

Por causa da "Ethos", uma instituição que preserva a cultura de nosso mundo, reparando ferramentas e armas escavadas das ruínas de uma antiga civilização. Ambos os países escavavam estas ruínas e pediam ao "Ethos" que consertassem as descobertas, com a finalidade de aumentar o poder militar. As muitas armas escavadas nas ruínas muito alteraram o desempenho do esforço de guerra. O resultado das batalhas entre esses países não foi mais determinado pelo combate mano-a-mano, mas por gears, humanoides gigantes - máquinas de combate, que eram obtidos do mais fundo buraco das ruínas.

Depois de eventuais mudanças no estado da guerra, Kislev ficou por cima. O principal fator disso estava na quantidade de recursos obtidos de suas ruínas. Mas, de repente, uma misteriosa força militar apareceu no continente de Ignas. Chamados de "Gebler" decidida a fazer contato com Aveh. Com a ajuda da Gebler, Aveh recuperou-se e ficou pário novamente com kislev. Então, tomando vantagem de sua aliança recentemente conquistada, Aveh começou a conquistar o território de Kislev pouco-a-pouco, sem mostrar desistência.

A história começa em um flash-back de Fei Fong Wong lutando para defender sua vila e seu amigo Citan Uzuki pedindo para não lutar na vila, que estaria toda queimada. Após esse flash-back começam as aventuras do pintor e lutador de artes marciais Fei Fong Wong, um amnésico que foi carregado ao vilarejo de Lahan quase morto há três anos por um mascarado que todos acreditam ser seu pai. Após um ataque em lahan, Fei vai embora de seu vilarejo e enfrenta o mundo fora de lahan e descobre suas origens. Também conhece vários personagens como: Elhaym Van Houten, entre outros.