3G Capital

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
3G Capital
Razão social 3G Capital Gestora de Recursos Ltda.
Empresa de capital fechado
Atividade Indústria de bebidas
Indústria de alimentos
Restaurantes de fast food
Varejo
Comércio Eletrônico
Gênero Private equity
Fundação 2004[1]
Fundador(es) Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles, Carlos Alberto Sicupira, Alex Behring e Roberto Thompson Motta
Sede Estados Unidos Nova Iorque
Brasil Rio de Janeiro[2]
Proprietário(s) Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles, Carlos Alberto Sicupira, Alex Behring e Roberto Thompson Motta
Website oficial www.3g-capital.com

3G Capital é uma empresa brasileira-estadunidense de private equity, fundada em 2004 por Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles, Carlos Alberto Sicupira, Alex Behring e Roberto Thompson Motta. Os cinco também são os sócios-fundadores de outra empresa brasileira de private equity, a GP Investiments.

Em 2 de setembro de 2010, foi anunciada a venda da totalidade das ações da empresa Burger King para o fundo de investimentos brasileiro chamado 3G Capital, que tem sede no Rio de Janeiro, por 4 bilhões de dólares (cerca de 7 bilhões de reais na época). O 3G Capital foi fundado pelos brasileiros Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles, Carlos Alberto Sicupira, Alex Behring e Roberto Thompson Motta; acionistas da InBev, que controla a AmBev.[3][4]

Em fevereiro de 2013, a Burger King, através de sua controladora 3G Capital anunciou a compra da H.J. Heinz, em uma parceria com o grupo Berkshire Hathaway.[5] A H.J. Heinz é conhecida principalmente pela marca de seu ketchup.

Em agosto de 2013 o valor de mercado de todas as empresas pertencentes ao 3G Capital eram de cerca de 187 bilhões de dólares.[6]

Empresas integrantes[editar | editar código-fonte]

Indústria de bebidas[editar | editar código-fonte]

Indústria de alimentos[editar | editar código-fonte]

Restaurantes de fast food[editar | editar código-fonte]

Varejo[editar | editar código-fonte]

Comércio Eletrônico[editar | editar código-fonte]

Referências