AmBev

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a empresa Ambev, subsidiária da empresa InBev. Para o artigo sobre essa empresa, veja InBev.
AmBev - Companhia de Bebidas das Américas
Ambev S/A
Tipo Empresa de capital aberto
Cotação BM&F Bovespa: ABEV3
NYSE: ABEV
Indústria Bebidas
Gênero Sociedade Anônima
Fundação 1 de julho de 1999 (16 anos)
Fundador(es) Carlos Alberto Sicupira
Jorge Paulo Lemann
Marcel Herrmann Telles
Sede São Paulo,  Brasil
Locais Brasil
Proprietário(s) AB InBev
Pessoas-chave Bernardo Pinto Paiva, diretor geral[1]
Empregados 46.501
Produtos No Brasil, cervejas, refrigerantes, chá gelado e água mineral.
Subsidiárias Cervecería Nacional Dominicana
Valor
de mercado
Aumento R$ 311,994 bilhões (Mai/2015)[2]
Lucro Aumento R$ 11,35 bilhões (2013)
Faturamento Aumento R$ 34,80 bilhões (2013)[3]
Antecessora(s) Companhia Cervejaria Brahma
Companhia Antarctica Paulista
Sítio oficial www.ambev.com.br

A Companhia de Bebidas das Américas (AmBev ou ainda Ambev) é uma empresa de capital aberto brasileira, produtora de bens de consumo. Segundo dados da consultoria Economatica, a Ambev é a maior empresa da América Latina, com um valor de mercado de U$120,1 bilhões, à frente da Ecopetrol e Petrobras[4] . Nasceu da fusão entre a Cia Antarctica Paulista e Companhia Cervejaria Brahma. Hoje é uma das fabricantes que mais inovam na composição de cervejas, substituindo a cevada pelo milho transgênico.[5]

História[editar | editar código-fonte]

Em 2004 a Ambev, então a quinta maior cervejaria do mundo, adquiriu a belga Interbrew, na época a terceira maior, tornando-se uma subsidiária da nova empresa resultante da fusão, a InBev, que passou a ser a maior do mundo[6] .

A Ambev domina boa parte do mercado de bebidas no Brasil, onde também produz e distribui a marca Stella Artois no Brasil, além de ter a licença dos produtos da Pepsi Co no país.

Em julho de 2009 a empresa recebeu uma multa de 352,7 milhões de reais do Conselho Administrativo de Defesa Econômica[7] por denúncias de irregularidades no programa "Tô Contigo",[8] o programa de fidelidade da empresa.[9]

Foi eleita pelo Great Place to Work Institute (GPTW) como uma das cem melhores empresas para se trabalhar no Brasil, mesmo sendo uma das que mais respondem processos trabalhistas, segundo o Ministério Público do Trabalho.[10] [11] [12] [13] [14] [15] Em 2011 a Ambev lançou a franquia Nosso Bar, bares populares de pequeno porte. A rede contava com 869 em agosto de 2014.[16] A Ambev é detentora de um grande número de marcas nos segmentos onde atua. Estas marcas são originárias das diversas empresas que foram incorporadas durante o crescimento da mesma. Em 2013 a empresa desenvolveu, pela primeira vez, sorvete a partir de cerveja.[17] [18] [19]

Doações para campanhas eleitorais[editar | editar código-fonte]

Em 2014, a Ambev investiu R$ 6,7 milhões nas campanhas dos presidenciáveis do PT, PSDB e PSB.[20] Considerando também os demais cargos, o grupo Ambev aparece como o 4º maior doador, com R$ 41,5 milhões investidos.[21] O dinheiro foi recebido principalmente pelos candidatos e comitês do PSDB (R$ 8 milhões), PT (R$ 11 milhões) e PMDB (R$ 12 milhões).

Produtos[editar | editar código-fonte]

Cervejas[editar | editar código-fonte]

  • Original
  • Patagonia

Outras bebidas[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. Ayres, Marcela. "Ambev elege Bernardo Pinto Paiva como novo diretor geral". Exame (Brasil). Consult. 30 de Setembro de 2014. 
  2. http://www.bloomberg.com/quote/ABEV3:BZ
  3. Uol, Do. "Lucro da Ambev sobe 9 em 2013 e atinge R$ 11,35 bilhões". Economia. 
  4. Bôas, Bruno. "Ambev passa Ecopetrol e viram maior empresa da America Latina". O Globo. 
  5. "Extra - Cerveja brasileira tem 45% de milho.". 27/04/2014. 
  6. Interbrew buys AmBev and becomes world number one Beverage Daily, acessado em 10/03/2015.
  7. Cade aplica multa recorde de 352,7 milhões O Globo, acessado em 27 de julho de 2009
  8. [1]
  9. [2]
  10. Revista Época, n. 588, 24 de agosto de 2009.
  11. AMBEV: Assédio Moral é Baluarte de Estilo Vitorioso
  12. AmBev é condenada a indenizar ex-funcionário por humilhações
  13. Ambev é condenada por usar assédio moral para aumentar produtividade
  14. Ambev é condenada por submeter empregado a humilhações
  15. Condenação faz Ambev promover campanha contra assédio moral
  16. Bouças, Cibelle. "Ambev vai ter rede nacional de bares". Valor Econômico. 
  17. Ambev lança sorvete sabor cerveja, para maiores de 18 anos
  18. AMBEV lançará picolé e sorvete de cerveja em janeiro
  19. Ambev lança sorvete de cerveja
  20. "Três empresas concentram 65% das doações à campanha presidencial". Folha de S. Paulo. 7/8/2014. Consult. 5/10/2015. 
  21. JOSÉ ROBERTO DE TOLEDO, RODRIGO BURGARELLI, DANIEL BRAMATTI - (15/9/2014). "Doações de campanha somam R$ 1 bi, das quais metade vem de 19 empresas". O Estado de S.Paulo. Consult. 5/10/2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.