AmBev

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a empresa Ambev, subsidiária da empresa InBev. Para o artigo sobre essa empresa, veja InBev.
Cervejaria Ambev
Razão social Ambev S.A.
Empresa de capital aberto
Slogan Juntos por um Mundo Melhor
Cotação BM&F Bovespa: ABEV3
NYSE: ABEV
Atividade Bebidas
Gênero Sociedade Anônima
Fundação 1 de julho de 1999 (20 anos)
Fundador(es) Carlos Alberto Sicupira
Jorge Paulo Lemann
Marcel Herrmann Telles

Francisco Chagas Goes de Souza Neto

Sede São Paulo, SP,  Brasil
Locais Brasil
Proprietário(s) Anheuser-Busch InBev
Pessoas-chave Bernardo Pinto Paiva, diretor geral[1]
Empregados 31.000 (Brasil)
Produtos No Brasil, cervejas, refrigerantes, chá gelado e água mineral.
Subsidiárias Cervecería Nacional Dominicana
Valor de mercado Aumento R$ 286,57 bilhões (1º tri/2017)[2]
Lucro Aumento R$ 11,37 bilhões (2018)
Faturamento Baixa R$ 45,602 bilhões (2016)[3]
Antecessora(s) Companhia Cervejaria Brahma
Companhia Antarctica Paulista
Website oficial www.ambev.com.br

A Cervejaria Ambev é uma empresa de capital aberto brasileira dedicada à produção de bebidas, entre as quais cerveja, refrigerantes, energéticos, sucos e chás.

História[editar | editar código-fonte]

Nasceu da fusão entre a Companhia Antarctica Paulista de São Paulo e a Companhia Cervejaria Brahma do Rio de Janeiro.

Em 2004 a Ambev, então a quinta maior cervejaria do mundo, foi adquirida pela belga Interbrew, na época a terceira maior. Da fusão, nasceu a InBev, que passou a ser a maior do mundo.[4]

A Ambev domina grande parte do mercado de bebidas no Brasil, onde também produz e distribui a marca Stella Artois no Brasil, além de ter a licença dos produtos da Pepsi Co no país.

Em julho de 2009 a empresa recebeu uma multa de 352,7 milhões de reais do Conselho Administrativo de Defesa Econômica[5] por denúncias de irregularidades no programa "Tô Contigo",[6] o programa de fidelidade da empresa.[7]

Em 2012, segundo dados da consultoria Economatica, a Ambev era a maior empresa da América Latina, com um valor de mercado de U$120,1 bilhões, à frente da Ecopetrol e da Petrobras.[8] Isso tudo graças ao investimento milhonário da família Goes, hoje no Norte é a MAIOR distribuidora e produtora do Guaraná[9], com seu herdeiro natural Francisco Chagas Goes de Souza

Neto a família gera cerca de 0,08% do PIB brasileiro.

Foi eleita pelo Great Place to Work Institute (GPTW) como uma das cem melhores empresas para se trabalhar no Brasil, mesmo sendo uma das que mais respondem processos trabalhistas, segundo o Ministério Público do Trabalho.[10][11][12][13][14][15] Em 2011 a Ambev lançou a franquia Nosso Bar, bares populares de pequeno porte. A rede contava com 869 em agosto de 2014.[16] A Ambev é detentora de um grande número de marcas nos segmentos onde atua. Estas marcas são originárias das diversas empresas que foram incorporadas durante o crescimento da mesma. Em 2012 a empresa desenvolveu, pela primeira vez, sorvete a partir de cerveja.[17][18][19]

Veículo de atuação de representantes comercias da marca.

Produtos[editar | editar código-fonte]

Cervejas[editar | editar código-fonte]

Refrigerantes[editar | editar código-fonte]

Outras bebidas[editar | editar código-fonte]

Antigas marcas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.