Marfrig

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Marfrig Global Foods
Razão social Marfrig Global Foods S.A.
Empresa de capital aberto
Cotação B3MRFG3
Atividade Alimentícia
Gênero Sociedade anônima
Fundação 23 de Maio de 2000
Sede São Paulo,  Brasil
Locais 12 países
Pessoas-chave Marcos Antonio Molina dos Santos (Presidente do Conselho de Administração)
Eduardo Miron (CEO)
Empregados 33.318
Produtos Alimentos à base de proteína animal
Subsidiárias Marfrig Beef
National Beef Packing Company (51%)
Valor de mercado Aumento R$ 3,801 bilhões (Ago/2014)[1]
Lucro R$ 2.166,80 milhões (2016)[2]
LAJIR Aumento R$ 1.037,4 milhões (2016)
Faturamento Aumento R$ 18.828,40 milhões (2016)[3]
Website oficial www.marfrig.com.br

Marfrig Global Foods é uma das maiores companhias de alimentos à base de proteína animal do mundo, fundada em 2000.[4][5] Sua plataforma operacional diversificada e flexível é composta por 50 unidades produtivas, comerciais e de distribuição instaladas em doze países em quatro continentes. Considerada uma das companhias brasileiras de alimentos mais internacionalizadas e diversificadas, seus produtos estão presentes em cerca de 100 países.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Em 2000[7], com foco no crescimento, a Marfrig passou a operar uma unidade de processamento de carne bovina em Bataguassu (Mato grosso do Sul) e nos anos seguintes em Promissão (São Paulo) e Paranatinga (Mato Grosso). No mesmo período, também adquiriu a unidade de Tangará da Serra (Mato Grosso) e iniciam as atividades de exportação por meio da GJ[8].

Em outubro de 2006 adquiriu a maior empresa de carnes uruguaia, a Tacuarembó por 35 milhões de dólares[9] em maio de 2007 comprou também no Uruguai o frigorifico La Caballada por 26 milhões de dólares, com a compra a Marfrig passou a ser a maior exportadora de carnes do Uruguai,[10] em novembro do mesmo ano adquiriu por 266,8 milhões de dólares a empresa de alimentos argentina Quickfood.[11] Em junho de 2008 comprou a maior empresa alimentícia da Irlanda do Norte, a Moy Park por 348 milhões de Libras[12] ou 680 milhões de dólares, em setembro de 2009 comprou a Seara Alimentos por 706,2 milhões de dólares.[13] Em junho de 2010 fez a sua maior aquisição ao comprar por 1,26 bilhão de dólares a americana Keystone Foods e que fornece carnes para as principais companhias de fast-food dos Estados Unidos,[14] no mesmo ano Marfrig tornou-se a segunda maior exportadora de frango e suínos do Brasil, a Marfrig também tornou-se a segunda maior provedora de produtos elaborados e processados de suínos e de produtos derivados de aves.”[15] Com aproximadamente 90 mil funcionários, o Grupo Marfrig é o maior produtor de ovinos na América do Sul, a maior companhia de carnes na Argentina, o maior produtor de aves no Reino Unido e a maior companhia privada no Uruguai e na Irlanda do Norte.[16]

Divisões do grupo[editar | editar código-fonte]

Marfrig Beef[editar | editar código-fonte]

A divisão Beef da Marfrig Global Foods é uma das maiores produtoras de carne bovina do mundo. Está dividida nas operações Brasil e Internacional. A operação no Brasil, é composta por 21 unidades e tem ampla expertise no segmento de food service e é pioneira na promoção e comercialização de carne bovina e de ovinos, enquanto a Beef Internacional, com 10 unidades, é a responsável pelas operações ativas no Uruguai e no Chile. A operação brasileira se destaca pelo volume e a Internacional oferece, especialmente no Uruguai, produtos diferenciados, de alto valor agregado, com acesso aos principais mercados importadores. O resultado é um portfólio complementar e altamente competitivo.   

Empresa que deu origem ao negócio, iniciou suas atividades como distribuidora de cortes especiais de carne para grandes redes de restaurantes na cidade de São Paulo. Atualmente dedicada à produção e industrialização de carne bovina e ovina e à comercialização por meio das marcas Bassi (alta gastronomia), Palatare, GJ (exportação), Pampeano (enlatados), a Marfrig, além de ser uma das maiores produtoras de carne bovina do mundo, a maior produtora sulamericana de cordeiros e fomentadora de programas de qualidade, bem estar animal e sustentabilidade na cadeia de fornecimento de gado bovino e ovino brasileira, é também líder no segmento no canal food service, com forte presença nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro e nas regiões Sul e Nordeste do Brasil, através de um portfólio diversificado com mais de 600 produtos próprios e terceirizados, como cortes de cordeiro, peixes, além de uma das maiores distribuidoras de batatas pré-cozidas congeladas no Brasil.

National Beef Packing Company[editar | editar código-fonte]

Fundada em 1992 e adquirida pela Marfrig com 51 por cento na participação majoritária em 2018, a National Beef Packing Company[17] é uma das maiores processadoras de carnes dos Estados Unidos que produz carne bovina fresca, refrigerada e processada e subprodutos da carne para clientes em todo o mundo. Os principais focos da empresa incluem carne bovina de marca, bovino pronto para consumo, bovino de controle de porções e couro azul molhado. A National Beef é sediada em Kansas City, em Missouri e mantém escritórios internacionais em Chicago, em Illinois, também nos Estados Unidos, em Tóquio, no Japão, em Seul, na Coreia do Sul e em Hong Kong, na China.

Marcas[editar | editar código-fonte]

Lista de algumas marcas que pertencem ao Marfrig:

Nacionais

  • Bassi
  • Bassi Wagyu
  • Bassi Cordeiro da Patagônia
  • Steakhouse
  • Montana Dia a Dia
  • Montana Premium Beef
  • Marfrig Profissinal
  • JG
  • Pampeano
  • Palatare

Internacionais

  • Aberdeen Angus
  • La Morocha
  • Tacuarembó Meat The Best
  • Viva
  • Bernina Bresaola
  • Patagonia
  • Pemmican Beef Jerkey
  • Secco
  • Montevideo
  • Burguerbif
  • South Lamb
  • Angus Beef Tacuarembó
  • Patagonia Fish and Crabs
  • Patagonia Premium Lamb

Antigos negócios[editar | editar código-fonte]

Moy Park[editar | editar código-fonte]

Fundada em 1943 e adquirida pelo Grupo Marfrig em 2008, a Moy Park[18] em 2010 a Moy Park assumiu o topo da lista das 100 maiores empresas da Irlanda do Norte também é uma das empresas líderes da avicultura europeia segundo Avesite. é o maior sistema integrado de produção de alimentos industrializados à base de carne de aves do Reino Unido. É também a maior companhia privada da Irlanda do Norte. Seu sistema diferenciado de produção – que privilegia o bem-estar animal, a criação em áreas livre (free-range) e a alimentação à base de milho 100% natural (non-GMO), torna a empresa referência internacional em produção orgânica. Com forte atuação em toda a Europa e nos canais food service e varejo, produz e distribui alimentos industrializados e processados à base de carne de frango, peru e suíno, e também produtos à base de vegetais e pães, como hambúrgueres e snacks vegetarianos e donuts. São clientes da Moy Park grandes redes varejistas da Europa, como a Tesco, a Sainsbury’s e a Waitrose, e de restaurantes, como o McDonald’s e o KFC, em 21 de junho de 2015 a Marfrig anunciou a venda da Moy Park para a sua concorrente, a JBS por 1,5 bilhão de dólares.[19]

Seara[editar | editar código-fonte]

Fundada em 1956 e adquirida pelo Grupo Marfrig em 2010, a Seara é uma das maiores produtoras e exportadoras de alimentos à base de carne de aves e suínos do mundo. Faz parte do seu variado e extenso portfólio linhas de produtos, pratos prontos congelados, pizzas, lasanhas, hambúrgueres, salsichas, linguiças, mortadela, salames, cortes especiais de carne suína, de aves e bovina. A marca Seara, que tem estabelecido um relacionamento emocional forte com os consumidores brasileiros, foi a escolhida pela Marfrig para se tornar a marca global do Grupo. Patrocinadora do Santos Futebol Clube, da Seleção Brasileira de Futebol, da Copa América 2010 e da Copa do Mundo Fifa 2014, a Seara tem uma ligação profunda com o esporte mais admirado do planeta e os seus produtos são verdadeiramente admirados por consumidores que buscam alimentos saudáveis, saborosos e fáceis de preparar. Em 10 de junho de 2013 a JBS comprou a Seara por R$ 5,85 bilhões.[20]

Keystone Foods[editar | editar código-fonte]

Fundada em 1970 e adquirida pela Marfrig em 2010, a Keystone Foods[21] é uma das maiores fornecedoras globais de produtos de proteína com alto valor agregado para os canais de fast food, varejistas e indústria de alimentos. Com sede no Reino Unido e seu principal escritório dos Estados Unidos, a divisão opera com 19 unidades de produção, escritórios de venda e centros de distribuição, atendendo a mais de 30 mil restaurantes em 13 países, incluindo Austrália, Nova Zelândia, e Ásia (República Popular da China, Tailândia, Malásia e Coreia do Sul). Com mais de 40 anos de atuação neste mercado, a Keystone Foods é internacionalmente reconhecida pelo sucesso de suas inovações e pela confiabilidade, segurança e qualidade dos alimentos que produz. É também a maior companhia privada de proteína animal nos Estados Unidos, de acordo com o relatório Forbes 2009 America’s Largest Private Companies (Maiores Companhias Privadas dos Estados Unidos 2009). Em 2018, a Marfrig vendeu a Keystone por 2,4 bilhões de dólares para Tyson Foods.[22]

Dívidas[editar | editar código-fonte]

A Marfrig é a terceira maior devedora da previdência social. O montante da dívida soma atualmente R$938.762.901,68, de acordo com o Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O valor das dívidas não-previdenciárias é de R$32.956.641,28.[23]

Referências

  1. http://www.bloomberg.com/quote/MRFG3:BZ
  2. http://ri.marfrig.com.br/
  3. http://ri.marfrig.com.br
  4. «Cópia arquivada». Consultado em 30 de novembro de 2012. Arquivado do original em 27 de janeiro de 2013 
  5. http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/vale-imitar-beyonce-571667
  6. http://www.marfrig.com.br/pt/marfrig-global-foods/a-empresa
  7. www.aatb.com.br, Innova -. «História». www.marfrig.com.br. Consultado em 25 de abril de 2018 
  8. «Brasil». www.marfrigbeef.com. Consultado em 25 de abril de 2018 
  9. http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,AA1298243-9356,00-MARFRIG+NEGOCIA+FRIGORIFICO+NO+URUGUAI.html
  10. «Cópia arquivada». Consultado em 15 de março de 2015. Arquivado do original em 2 de abril de 2015 
  11. http://economia.estadao.com.br/noticias/negocios,marfrig-deve-comprar-quickfood-e-mais-3-frigorificos-no-mercosul,53190
  12. http://www.farmersguardian.com/marfrig-pays-%C2%A3348-million-for-moy-park/18703.article
  13. http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/marfrig-compra-seara-498600
  14. http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/reuters/2010/06/14/marfrig-compra-americana-keystone-foods-por-us-126-bi.jhtm
  15. http://www.revistafator.com.br/ver_noticia.php?not=152636
  16. http://br.advfn.com/bolsa-de-valores/bovespa/marfrig-MRFG3/grafico
  17. https://g1.globo.com/economia/noticia/marfrig-conclui-compra-da-norte-americana-national-beef.ghtml
  18. http://www.avesite.com.br/noticias/default.asp?codnoticia=11408[ligação inativa]
  19. http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/06/marfrig-anuncia-venda-da-moy-park-para-a-jbs-por-us15-bi-20150621175503893529.html
  20. «Cópia arquivada». Consultado em 24 de março de 2014. Arquivado do original em 25 de março de 2014 
  21. http://www.revistafator.com.br/ver_noticia.php?not=121279
  22. https://g1.globo.com/economia/noticia/2018/08/20/marfrig-anuncia-venda-da-keystone-para-a-tyson-foods-por-us-24-bilhoes.ghtml
  23. https://www2.pgfn.fazenda.gov.br/ecac/contribuinte/devedores/listaDevedores.jsf

Ligações externas[editar | editar código-fonte]