Itaúsa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Itaúsa
Razão social Itaúsa Investimentos Itaú S.A.
Empresa de capital aberto
Cotação B3ITSA3, ITSA4
Atividade Conglomerado
Gênero Sociedade Anônima
Fundação 6 de maio de 1966 (54 anos)
Sede São Paulo, SP, Brasil
Proprietário(s) Família ESA – Egydio Souza Aranha
Presidente Henry Penchas
Pessoas-chave Alfredo Egydio Arruda Villela Filho
Empregados 79 (em 2017)[1]
Produtos Banco
construção civil
calçados
gás natural
tecnologia da informação
Subsidiárias Banco Itaú
Duratex
Alpargatas
Itautec
Acionistas Free float (66,08%)
Família ESA – Egydio Souza Aranha (33,92%)
Valor de mercado Aumento R$ 112,103 bilhões (Jul/2019)[2]
Lucro Aumento R$ 9,436 Bilhões (2018)[3]
Faturamento Aumento R$ 9,790 bilhões (2018)[3]
Website oficial www.itausa.com.br

Itaúsa é uma holding brasileira que controla o Banco Itaú (instituição financeira), Duratex (construção civil), Alpargatas (calçados), NTS (gás natural) e Itautec (tecnologia da informação); além de outros empreendimentos.[4] É o segundo maior grupo privado do país.

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

Foi fundada em 6 de maio de 1966 como Banco Itaú de Investimento S.A. e em 30 de abril de 1991 teve seu nome mudado para Itaúsa - Investimentos Itaú S.A.[5]

Antigos Negócios[editar | editar código-fonte]

Elekeiroz[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2018, a empresa vendeu sua empresa química Elekeiroz ao fundo de investimento americano H.I.G. Capital por 160 Milhões de reais,[6] a operação foi concluída em junho de 2018.[7]

Governança corporativa[editar | editar código-fonte]

O controle da empresa é das famílias Setubal e Villela.[8][9] O seu presidente atual é Henry Penchas.[10]

Referências

  1. Itaúsa (2018). «Capital Humano». Site do Itaúsa. Consultado em 23 de Setembro de 2018 
  2. http://www.bloomberg.com/quote/itsa4:BZ
  3. a b PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes (18 de Fevereiro de 2019). «Demonstrações Financeiras da Itaúsa em 2018» (PDF). Site do Itaúsa. Consultado em 6 de Julho de 2019 
  4. «Empresas do Conglomerado». Itaúsa. Consultado em 29 de Junho de 2020 
  5. http://ww13.itau.com.br/itausa/HTML/pt-BR/infofinan/dcc/quemsomos.htm
  6. Estadão Conteúdo (26 de Abril de 2018). «Itaú vende fabricante de produtos químicos por R$ 160 milhões». Revista Exame. Consultado em 23 de Setembro de 2018 
  7. Reuters (4 de Junho de 2018). «Itaúsa conclui venda da Elekeiroz para HIG Capital». G1. Consultado em 23 de Setembro de 2018 
  8. «Cópia arquivada». Consultado em 9 de agosto de 2014. Arquivado do original em 1 de setembro de 2016 
  9. «Cópia arquivada». Consultado em 9 de agosto de 2014. Arquivado do original em 10 de agosto de 2014 
  10. Innova. «Itaúsa - Administração». Itaúsa - Relações com Investidores. Consultado em 13 de junho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.