A Paixão de Jacobina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A paixão de Jacobina
 Brasil
2002 •  cor •  103 min 
Direção Fábio Barreto
Roteiro Leopoldo Serran
Elenco Letícia Spiller
Thiago Lacerda
Alexandre Paternost
Antonio Calloni
Caco Ciocler
Género drama
Lançamento 27 de setembro de 2002[1]
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

A paixão de Jacobina é um filme brasileiro de 2002, do gênero drama, dirigido por Fábio Barreto e com roteiro baseado no romance Videiras de Cristal, de Luiz Antônio de Assis Brasil, que relata a história de Jacobina Mentz, líder religiosa que esteve à frente da Revolta dos Muckers, ocorrida no Rio Grande do Sul na segunda metade do século XIX.

O desejo inicial do diretor Fábio Barreto era que a modelo Gisele Bündchen interpretasse a protagonista do filme.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Nos anos 1870, no sul do Brasil, uma imigrante alemã que tem visões e recebe mensagens que acredita serem de Jesus Cristo, comanda uma seita messiânica e realiza a cura de doenças. Porém, preocupados com a força que ela e a seita conquistam a cada dia, os líderes da região buscam maneiras de anular a influência dela sobre a população local.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]