Aganju

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

África[editar | editar código-fonte]

Aganju foi o quinto Alaafin de Oyo no Império de Oyo, era filho de Ajaka, neto de Oranyan e sobrinho de Sàngó.


Brasil[editar | editar código-fonte]

No Brasil Aganjú é cultuado como uma qualidade de Xangô, muitas vezes chamado de Xangô Aganjú. É o Orixá que representa tudo que é explosivo, que não tem controle, ele é a personificação dos Vulcões.


Cuba[editar | editar código-fonte]

Na Mitologia Yoruba, Aganju é o Orixá dos vulcões e desertos. Ele está associado com São Cristóvão no Lukumí.



Outras leituras[editar | editar código-fonte]

  • Jo Anna Hunter, Oro Pataki Aganju: A Cross Cultural Approach Towards the Understanding of the Fundamentos of the Orisa Aganju in Nigeria and Cuba, In Orisa Yoruba God and Spiritual Identity in Africa and the Diaspora, editado por Toyin Falola, Ann Genova. New Jersey: Africa World Press, Inc. 2006.

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ilê-Ifé a origem do Mundo: Aganjú - O quinto Aláààfin Òyó.



Ícone de esboço Este artigo sobre candomblé é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.