Almoctafi II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Al-Muqtafi)
Ir para: navegação, pesquisa
Almoctafi II
33º califa abássida
Reinado 11361160
Antecessor(a) Arraxide
Sucessor(a) Almostanjide I
Dinastia Abássida
Morte 1160
Filho(s) Almostanjide I

Almoctafi II (em árabe: المقتفي/المكتفي; transl.: Al-Muqtafi/Al-Muktafi) foi o califa abássida entre 1136 e 1160. A contínua desunião e desordem ente os turcos seljúcidas permitiu que Almoctafi não apenas exercesse sua autoridade em Bagdá, mas também que ele a estendesse por toda a região do Iraque.

História[editar | editar código-fonte]

Almoctafi defendeu Bagdá contra diversos ataques, mas, por conta de más recomendações, ele acabou apoiando a rebelião do filho do sultão seljúcida Maomé de Hamadã, que, por isso, marchou contra a cidade com Cutbe Adim de Moçul iniciando o cerco seljúcida de Bagdá de 1157. O califa fugiu para os quarteirões orientais e queimou as pontes sobre o rio Tigre. Posteriormente, o cerco foi levantado quando Maomé descobriu que Malique Xá III havia tomado Hamadã. Em tempo, Almoctafi reconquistou a confiança dos seljúcidas e se casou com uma de suas filhas.

Cruzadas[editar | editar código-fonte]

Durante o seu califado, a Segunda Cruzada estava no seu auge e Zengi, o governador de Mosul e fundador da dinastia zengida, ficou muito famoso por sua bravura e generosidade como guerreiro. Uma vez, muito pressionado, Zengi fez um apelo a Bagdá e o sultão e o califa despacharam 20 000 homens em resposta. Mas a verdade era que nem os seljúcidas, nem o califa e nem os emires tinham vontade política para lutar contra os cruzados para defender um território que já não era deles antes.

Uma carta de proteção dada por Almoctafi em 1139 ao patriarca nestoriano Abdisho III foi publicada em 1926 pelo acadêmico caldeu Alphonse Mingana[1].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Almoctafi II
Nascimento:  ? Morte: 1160
Precedido por:
Arraxide
Califas abássidas
1136–1160
Sucedido por:
Almostanjide I

Referências

  1. Mingana, A., 'A Charter of Protection Granted to the Nestorian Church in AD 1138 by Muktafi II, Caliph of Baghdad', Bulletin of the John Rylands Library, 10 (1926), 126-33

Bibliografia[editar | editar código-fonte]