Alfred Cornu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alfred Cornu
Nascimento 6 de março de 1841
Orleães
Morte 1 de abril de 1902 (61 anos)
Villeherviers, Paris
Nacionalidade francês
Cidadania França
Irmão(s) Marie Maxime Cornu
Alma mater Escola Politécnica, Mines ParisTech
Ocupação físico, pedagogo
Prêmios Medalha Rumford (1878), Prix La Caze (1878)
Campo(s) física

Marie Alfred Cornu (Orléans, 6 de março de 1841Romorantin, 1 de abril de 1902) foi um físico francês.[1]

Diplomado pela École Polytechnique, Alfred Cornu tornou-se conhecido principalmente pelos seus trabalhos sobre a difração da luz.

Sucedeu em 1867 Émile Verdet na cadeira de física na École polytechnique. Em 1878 foi eleito membro da Académie des sciences, que presidiu em 1896.

Sogro de Louis de Launay e irmão do botânico Marie Maxime Cornu.

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Biografia» (em inglês) 


Precedido por
Pierre Janssen
Medalha Rumford
1878
Sucedido por
William Huggins


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.