Aline Villares Reis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aline
Aline
Informações pessoais
Nome completo Aline Villares Reis
Data de nasc. 15 de abril de 1989 (30 anos)
Local de nasc. Aguaí (SP), Brasil
Altura 1,62 m
Informações profissionais
Clube atual UDG Tenerife
Posição Goleira
Clubes de juventude
2001-2007 Guarani
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2007-2011
2012
2012-2015
2016
2016-2017
2017
2018-
UCF Knights
SeMi
UCLA Bruins (treinadora de goleiros)
Feroviária
Győri ETO
SC Blue Heat
UDG Tenerife
Seleção nacional
2015- Brasil

Aline Villares Reis (Aguaí, 15 de abril de 1989) é uma futebolista profissional brasileira que atua como goleira. Iniciou sua carreira no Guarani de Campinas, no qual jogou por 7 anos, e no Brasil passou também pela Ferroviária de Araraquara. Na carreira internacional, passou por Universidades dos Estados Unidos, jogou na Finlândia, Hungria e atualmente joga pelo UDG Tenerife, na Espanha.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Guarani[editar | editar código-fonte]

Aline começou sua carreira como jogadora de futebol no Careca Sport Center e logo fez um teste para o Guarani, onde começou jogando futsal, destacando-se e passando para o time de base. Atuou no time dos 12 aos 18 anos e, sem perspectiva de futuro, começou a desanimar. Até que um olheiro dos Estados Unidos assistiu a um de seus jogos e apresentou a ela a possibilidade de uma carreira no exterior.[2]

Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Aos 18 anos, Aline enviou vídeos de seus jogos para três universidades, sendo aprovada em todas. Escolheu a Universidade da Florida Central (UCF), em Orlando, onde permaneceu por cinco anos, jogando sob o comando das treinadoras Amanda Cromwell e Donna Sishcer. Após o término da faculdade, Aline ainda jogou uma temporada profissional no SeMi da Finlândia,[3] mas em seguida Amanda, sua antiga treinadora, recebeu um convite para treinar o time da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), levando consigo Aline, para ser treinadora de goleiras.[4][5]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Aline deixou Los Angeles com o objetivo de fazer parte da Seleção Brasileira de Futebol Feminino. Chegou a Araraquara, onde jogou pela Ferroviária, participando de 8 jogos. Seu desempenho a levou a fazer parte do elenco da Seleção nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, sendo reserva da goleira Bárbara.[6] Ela foi convocada pelo técnico Vadão devido a goleira Luciana estar envolvida em um escândalo de resultados.[7] Nas Olimpíadas, participou de um jogo contra a África do Sul e a Seleção alcançou o posto de quarto colocado. Com a saída de Vadão e entrada de Emily Lima, Aline deixou de ser escalada. O retorno de Vadão trouxe Aline de volta para a escalação, jogando a Copa América Feminina de 2018 e sendo campeã. Em 2019, ela foi convocada para a Copa do Mundo de Futebol Feminino, na França.[8]

Europa[editar | editar código-fonte]

Na europa, Aline jogou uma temporada pelo SeMi da Finlândia, jogou pelo Győri ETO da Hungria onde também ficou apenas por uma temporada, e após ser convocada e conquistar o título da Copa América Feminina de 2018, foi contratada pelo UDG Tenerife, das Ilhas Canárias, Espanha,[9] sendo seu atual time e já tendo atuado em 28 jogos.

Referências

  1. «Aline Reis :: Aline Villares Reis :: UDG Tenerife». www.ogol.com.br (em bretão). Consultado em 29 de junho de 2019 
  2. «'Jogar futebol feminino é estar do lado das minorias', diz goleira da seleção». observatorioracialfutebol.com.br. Consultado em 29 de junho de 2019 
  3. «"Ter o apoio da torcida é realmente uma motivação." | Entrevista com a». PEITA. Consultado em 29 de junho de 2019 
  4. «Aline Reis deixou de ser treinadora para ser goleira. Da Seleção». blogdomenon.blogosfera.uol.com.br. Consultado em 24 de junho de 2019 
  5. «Aline Reis - Women's Soccer Coach». UCLA (em inglês). Consultado em 24 de junho de 2019 
  6. «Aline convocada». Consultado em 13 de fevereiro de 2016 
  7. «Goleira campineira». Consultado em 24 de julho de 2016 
  8. «Seleção Feminina é convocada para a Copa do Mundo da França». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 1 de junho de 2019 
  9. «Depois da conquista da Copa América, Aline Reis fecha com clube espanhol». Gazeta Esportiva. 21 de maio de 2018. Consultado em 16 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aline Villares Reis