Antônio José Castelo Branco Medeiros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antônio José Medeiros
Replace this image male.png
Antônio José Medeiros
Vereador Teresina Teresina
Período 1989-1993
Deputado estadual  Piauí
Período 2003-2007
Deputado federal  Piauí
Período 2007-2011
Dados pessoais
Nascimento 16 de maio de 1950 (67 anos)
União (Piauí) União, PI
Partido PT
Profissão sociólogo, professor

Antônio José Castelo Branco Medeiros (União, 16 de maio de 1950) é um sociólogo e político brasileiro filiado ao Partido dos Trabalhadores com atuação política no estado do Piauí desde a década de 1980.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Benedito Medeiros de Melo Sobrinho e de Maria Castelo Branco Medeiros. Licenciado em Filosofia pela Universidade Federal do Piauí em 1971 com especialização pelo Instituto Brasileiro de Desenvolvimento (IBRADES). Professor de Filosofia e Sociologia na Universidade Santa Úrsula e na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (1973-1974), retornou ao Piauí na qualidade de técnico da Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Estado do Piauí (CEPRO) sendo depois um dos assessores da Secretaria de Planejamento, coordenando também algumas atividades desenvolvidas pelo programa POLONORDESTE na área de educação. Assessor do Centro Piauiense de Ação Cultural (CEPAC) fez mestrado em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e possui especialização em Filosofia da Educação pela Universidade do Rio de Janeiro e é doutorando em sociologia pela Universidade de São Paulo.

Professor de História Geral no Colégio Diocesano e de Língua e Literatura Portuguesa nos colégios Helvídio Nunes e Álvaro Ferreira, em 1981 foi aprovado em concurso público da Universidade Federal do Piauí (UFPI) para o Departamento de Filosofia. Em 1985 passou a integrar o Departamento de Ciências Sociais, onde continua a exercer a função de docente.

Atividade política[editar | editar código-fonte]

Membro fundador do PT no Piauí e ativo dirigente sindical, foi secretário-geral da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Piauí (ADUFPI), membro da direção da Central Única dos Trabalhadores (CUT) tanto em seu estado como em nível nacional e vice-presidente da regional Nordeste da Associação Nacional dos Docentes de Ensino Superior (ANDES) (1983-1984).

Disputou as eleições para deputado federal em 1982, para 1985 e para deputado estadual em 1986 sem que tivesse êxito. Eleito vereador de Teresina em 1988, repetiu, de novo sem sucesso, as candidaturas a deputado federal em 1990 e a prefeito de Teresina em 1992.[2]

Em 1998 foi candidato a vice-governador do Piauí na chapa de Francisco Gerardo da Silva pela coligação O futuro a gente faz, não chegando ao segundo turno. Em 2002 foi eleito deputado estadual, passando a maior parte do mandato à frente da Secretaria de Educação no primeiro governo Wellington Dias, cargo para o qual retornou após ter sido eleito deputado federal em 2006. Disputou sua última eleição em 2010 quando perdeu a disputa para senador.

Foi presidente do diretório regional do PT no Piauí.

Sua mãe foi prefeita de União.

Como secretário de Educação realizou várias ações consideradas relevantes para o ensino no Estado. Entre essas ações estão a expansão do ensino médio e da educação de jovens e adultos para todos os municípios do Piauí; a revitalização das escolas profissionais agrotécnicas e urbanas e a aprovação do plano de cargos e salários para professores e funcionários administrativos.[carece de fontes?] Também atuou na realização de projeto de reforço escolar para alunos com dificuldades de aprendizagem; construção de novas 35 escolas e reforma em mais de 450 prédios escolares no estado.[carece de fontes?]

Entre 2003 e 2005 fez parte do Conselho de Alimentação Escolar do Piauí, da Secretaria de Educação e Cultura do Piauí; do Conselho Diretor da Universidade Federal do Piauí; e do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Referências

  1. SANTOS, José Lopes dos. A Força do Poder Municipal. Teresina: Gráfica Mendes, 1990. v.III.
  2. «Tribunal Regional Eleitoral do Piauí: acervo eletrônico». Consultado em 3 de novembro de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.