Argentina 0 X 1 Camarões (Copa do Mundo de 1990)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Argentina 0–1 Camarões
San Siro 2011.jpg
Evento Copa de 1990 (Primeira Fase)
Data 8 de junho de 1990
Local Giuseppe Meazza, Milão, Itália Itália
Árbitro França Michel Vautrot
Público 73.780

Argentina 0-1 Camarões foi o placar do primeiro jogo da primeira fase da Copa do Mundo de 1990 do Grupo B, disputado em 8 de junho de 1990, no estádio Estádio Giuseppe Meazza, Milão, na Itália. A Seleção Camaronesa surpreende a Argentina e repete o feito dos Argelinos, que venceram os Alemães também na abertura da Copa de 1982.[1]

A Partida[editar | editar código-fonte]

As 73.780 pessoas que compareceram ao estádio Giuseppe Meazza, e a multidão que acompanhou a partida inaugural do "Mondiale" pela TV, nunca vão esquecer o dia em que as cores unidas da África pop, com sua ingenuidade, imaginação e rapidez, bateram os campeões do mundo, a seleção de Diego Maradona, por 1 a 0.

Não foi uma vitória cinzenta, enxadrística, dessas que, mesmo apreciáveis, se desenham cerebralmente. Camarões venceram com o corpo e a "ânima". Mas não só com isso: mostraram em campo um futebol de uma velocidade tribal, capaz de se infiltrar como lança e flecha nos espaçoes graciosamente abertos pela Argentna de Carlos Bilardo. E o resultado acabou sendo justo. O time de Camarões chutou 15 bolas a gol contra 6 da Argentina.

Os campeões do mundo de 1986 tiveram suas chances de sair na frente. Nos 5 minutos iniciais, Balbo e Basualdo estiveram por marcar. Mas a seleção de Camarões soube travar Don Diego e armar contra-ataques sempre perigosos. Por obra do técnico soviético Valeri Nepommiacij, os "african kids" passaram a forçar pelo lado esquerdo da Argentina. Em poucos miutos, ninguém mais duvidava de que o osso seria duro para os dentes de Maradona.

No segundo tempo, com Caniggia no lugar de Ruggeri - por problemas físicos -, o time de Bilardo ameaçou melhorar. Mas neca: aos 6 e aos 11 minutos, Camarões por pouco não batem Pumpido. Aos 15, sua senhoria francesa, o juiz Michel Vautrot, numa recaída colonianista, decidiu expulsar Kana Biyik, depois de uma falta em Caniggia.

Mas quem deitou - e rolou - na grama de San Siro foram os "africam kids" de Nepommiacij. Aos 22 minutos, Pumpido, em mais uma contribuição milionária de todos os erros, deixou entrar, com a ajuda de seu joelho, uma cabeçada do impossível Omam Biyik, que escorou uma bola mal rebatida por Lorenzo.

Aos 43 minutos, o juiz, dessa vez com razão, excluiu Massing, que quase triturou Caniggia. Batida e humilhada, a Argentina deixou San Siro com o travo da derrota na garganta. Os deuses do futebol estavam em transe.[2]

Detalhes[editar | editar código-fonte]

8 de junho Argentina Flag of Argentina.svg 0 – 1 Flag of Cameroon.svg Camarões Estádio Giuseppe Meazza, Milão
18:00
Relatório Omam-Biyik Gol marcado aos 67 minutos de jogo 67' Público: 73 780
Árbitro: FrançaFRA Michel Vautrot
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Argentina
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Camarões
GK 1 Pumpido
DF 11 Fabbri
MF 13 Lorenzo
MF 17 Sensini Penalizado com cartão amarelo após 27 minutos 27' Substituído após 69 minutos de jogo 69'
DF 19 Ruggeri Substituído após 46 minutos de jogo 46'
DF 20 Simón
MF 2 Batista
MF 4 Basualdo
MF 7 Burruchaga
FW 10 Maradona Capitão
FW 3 Balbo
Reservas:
GK 12 Goycochea
GK 22 Cancelarich
DF 5 Bauza
DF 15 Monzón
DF 18 Serrizuela
MD 6 Calderón Entrou em campo após 69 minutos 69'
MD 14 Giusti
MD 21 Troglio
FW 8 Caniggia Entrou em campo após 46 minutos 46'
FW 9 Dezotti
MF 16 Olarticoechea
Técnico:
Argentina Carlos Bilardo
GK 16 Nkono
DF 4 Massing Penalizado com cartão amarelo após 10 minutos 10' Expulso a 89 minutos 89'
DF 5 Ebwellé
DF 6 Kundé
DF 14 Tataw Capitão
DF 17 Ndip Penalizado com cartão amarelo após 23 minutos 23'
MF 2 Kana-Biyik Expulso a 61 minutos 61'
MF 8 M'bouh Penalizado com cartão amarelo após 54 minutos 54'
MF 10 Mfédé Substituído após 66 minutos de jogo 66'
FW 20 Makanaky Substituído após 81 minutos de jogo 81'
FW 7 Omam-Biyik
Reservas:
GK 1 Bell
GK 22 Songo'o
DF 3 Onana
DF 12 Yombi
DF 13 Pagal
DF 15 Libiih Entrou em campo após 66 minutos 66'
MD 19 Feutmba
FW 9 Milla Entrou em campo após 81 minutos 81'
FW 11 Ekéké
FW 18 Djonkep
FW 21 Maboang
Técnico:
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Valeriy Nepomnyashchiy

Referências

Soccer stub.svg Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.