Armazém da Utopia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O armazém, em vermelho, visto da Praça Muhammad Ali.

O Armazém da Utopia é um centro cultural situado no bairro da Saúde, na Zona Central da cidade do Rio de Janeiro. Situa-se no Armazém 6 do Cais da Gamboa, em frente à Praça Muhammad Ali e próximo à Estação Utopia AquaRio do VLT Carioca. É gerido, desde 2010, pela Companhia Ensaio Aberto.[1]

O espaço sedia diversos eventos culturais, como o Festival do Rio, o Rio H2K e o Tudo é Jazz no Porto. No local, também são realizadas produções nas áreas da música, da dança e das artes visuais.[1]

No dia 9 de março de 2017, o armazém passou a exibir, em sua fachada, um conjunto de murais de grafite, que consiste de releituras das obras do artista francês Jean-Baptiste Debret que retratam a escravidão.[2] Além destes, foram colocados murais compostos por ladrilhos pintados a mão por alunos e professores de seis instituições da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Armazém». Armazém da Utopia. Consultado em 1 de abril de 2017 
  2. «Orla Conde ganha formas de Debret em murais de grafite». Porto Maravilha. 9 de março de 2017. Consultado em 1 de abril de 2017 
  3. «Arte urbana retrata os direitos humanos no Armazém da Utopia». Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. 9 de março de 2017. Consultado em 1 de abril de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]