Museu de Arte do Rio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Museu de Arte do Rio
MAR
A Escola do Olhar, o Pavilhão de Exposições e a cobertura fluída.
Tipo Museu de arte
Inauguração 1 de março de 2013 (5 anos)
Diretor Carlos Gradim
Website museudeartedorio.org.br
Geografia
Localidade Rio de Janeiro, RJ
 Brasil

Museu de Arte do Rio (MAR) é um museu do Rio de Janeiro, inaugurado em 1 de março de 2013, mantido em parceria dos órgãos públicos da cidade com a iniciativa privada.

O monumento faz parte de um projeto de revitalização do centro carioca, que foi iniciado em 2009 através de uma lei municipal e pretende investir até R$ 8 bilhões nos próximos anos.[1][2]

A iniciativa é da Prefeitura do Rio em parceria com a Fundação Roberto Marinho, e tem atividades que envolvem coleta, registro, pesquisa, preservação e devolução à comunidade de bens culturais.[3]

Todo o plano arquitetônico foi organizado pela Jacobsen Arquitetura, com a ideia dos três principais arquitetos: Paulo Jacobsen, Bernardo Jacobsen e Thiago Bernardes.[4]

A primeira definição do projeto foi estabelecer um sistema de fluxo de modo tudo funcionasse de forma integrada e eficiente, juntando com a criação da Escola do Olhar, espaço de desenvolvimento de arte e cultura.

No centro da reurbanização está a melhoria das condições habitacionais e a atração de novos moradores para a área de 5 milhões de metros quadrados(m²). A chegada de grandes empresas, incluindo as empreiteiras Odebrecht, OAS e Carioca Engenharia, envolve novos incentivos fiscais e a prestação de serviços públicos de qualidade, estimulando o crescimento da população e da economia.

Projeções de adensamento demográfico indicam salto dos atuais 32 mil para 100 mil habitantes até 2020 na região que engloba na íntegra os bairros do Santo Cristo, Gamboa, Saúde e trechos do Centro, Caju, Cidade Nova e São Cristóvão.[5]

O Museu[editar | editar código-fonte]

Entrada do Museu de Arte do Rio.

Localizado no Centro da cidade do Rio de Janeiro, próximo a principal avenida do bairro, o centro histórico ocupa dois edifícios na praça Mauá, entre o Centro e a Zona Portuária.

Projeto pensando em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o local é uma parceria entre a Prefeitura, o governo estadual e federal, com apoio do Ministério da Cultura, e que busca promover uma valorização da história da cidade.[6]

Um dos prédios é o Palacete Dom João VI, construído em estilo eclético. Foi dedicado às salas de exposição, o "Pavilhão de Exposições", aproveitando-se o pé-direito alto e a estrutura livre de seus salões. O outro, adjacente ao palácio, era utilizado pelo terminal rodoviário Mariano Procópio antes de ser integrado ao museu, a "Escola do Olhar", além de abrigar a administração e outros departamentos.[7][8]

Os dois prédios somados, ligados por uma passarela suspensa, a "cobertura fluída", ocupam uma área total de 2.300 metros quadrados e uma área construída de 11.240 m².

Inauguração[editar | editar código-fonte]

Com a presença das principais autoridades municipais, estaduais e federais, o espaço foi inaugurado no dia 1 de março de 2013, mesmo com algumas ainda em andamento. Na época, o governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, do PMDB, estimava que apenas a construção do museu custaria R$ 76 milhões. Além disso, durante a abertura do loca, o político anunciou que todo acervo do Banerj, o Banco do Estado do Rio de Janeiro, seria deslocado para o MAR.[9]

Prêmio de arquitetura[editar | editar código-fonte]

O museu foi premiado com o título de melhor construção de 2013, ano da sua inauguração, na categoria museu, pelo voto popular do maior prêmio internacional de arquitetura do mundo, o Architizer A+ Awards. O MAR concorreu com os museus Heydar Aliyev Center (Azerbaijão), New Rijksmuseum (Holanda), Zhujiajiao Museum of Humanities & Arts (China) e com o Danish Maritime Museum (Dinamarca).[10]

Arquitetura[editar | editar código-fonte]

O projeto arquitetônico do MAR foi produzido pelo escritório carioca Bernardes + Jacobsen. Ampla, a área do museu engloba 15 mil metros quadrados, que incluem oito salas de exposições rotativas - você pode saber sobre exposições passadas, presentes e futuras diretamente no site do MAR - e cerca de 2.400 metros quadrados, que se dividem entre recepção, área técnica, serviços para o público visitante e a Escola do Olhar. A instituição é formada por dois prédios, que se interligam por uma praça que apresenta uma passarela coberta em forma de onda, que remete à zona portuária do Rio de Janeiro, transformando-os em um conjunto harmônico.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Vista para o MAR». Revista Cultura. 27 de fevereiro de 2013. Consultado em 25 de maio de 2014. 
  2. «Inauguração do MAR, no aniversário de 448 anos do Rio de Janeiro, teve a presença da presidente da República Dilma Rousseff». Vale. 27 de fevereiro de 2013. Consultado em 25 de maio de 2014. 
  3. «O MAR». Site oficial do Museu de Arte do Rio de Janeiro. Consultado em 26 de setembro de 2017. 
  4. «MAR – Museu de Arte do Rio / Bernardes + Jacobsen Arquitetura». Arch Daily. 11 de abril de 2013. Consultado em 26 de setembro de 2017. 
  5. «Projeto de revitalização do centro do Rio de Janeiro». Prefeitura do Rio de Janeiro. Consultado em 26 de setembro de 2017. 
  6. Santoro, Francesco (10 de abril de 2013). «Projeto da construção do Museu Mar no Rio de Janeiro». Revista aU. Consultado em 26 de setembro de 2017. 
  7. «Museu de Arte do Rio (MAR)». Companhia de Desenvolvimento do Porto (CDURP). Consultado em 25 de maio de 2014. 
  8. «MAR - Museu de Arte do Rio». Jacobsen Arquitetura. Consultado em 25 de maio de 2014. 
  9. Tardáguila, Cristina (1 de março de 2013). «Inauguração do MAR conta com presença de políticos». O Globo 
  10. Bertolucci, Rodrigo (2 de abril de 2014). «Museu de Arte do Rio ganha prêmio internacional pela sua arquitetura». O Globo. Consultado em 21 de janeiro de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Museu de Arte do Rio
Ícone de esboço Este artigo sobre um museu é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.