Edifício Almirante Tamandaré

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fachada do edifício voltada para a Orla Conde.

O Edifício Almirante Tamandaré é um edifício situado no bairro do Centro, na Zona Central da cidade do Rio de Janeiro. Localiza-se na Orla Conde, em frente à Praça Barão de Ladário.

O edifício foi inaugurado em 1935. Compõe o 1.º Distrito Naval da Marinha do Brasil, uma Organização Militar subordinada ao Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, que tem como função o cumprimento das tarefas de responsabilidade da Marinha do Brasil na região onde está situada.

O edifício recebeu esse nome por homenagear Joaquim Marques Lisboa, o Marquês de Tamandaré, que foi um militar da Armada Imperial Brasileira que atingiu o posto de almirante. É o patrono da Marinha de Guerra do Brasil, sendo que no dia de seu nascimento, 13 de dezembro, é celebrado o Dia do Marinheiro.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1760, foi implantado no terreno da atual edificação, doado pelos monges de São Bento, o núcleo inicial do Arsenal da Marinha. No ano de 1924, foi contratado um projeto para a construção de uma nova sede ministerial, elaborado pelo engenheiro Edgard Raja Gabaglia.[1] Outro projeto, de autoria do engenheiro francês Alfred Agache e elaborado entre 1927 e 1930, contemplava a construção do prédio junto com uma praça, hoje a Praça Barão de Ladário.[2] O edifício foi inaugurado somente 11 anos depois, em 1935, pelo presidente Getúlio Vargas.[1] Foi sede do Ministério da Marinha.

O edifício foi tombado provisoriamente no dia 9 de dezembro de 1998.[3] Desde o dia 3 de abril de 2016, o prédio pode ser contemplado por quem circula pela Orla Conde.[4] Atualmente abriga, no 5º andar, a Diretoria de Ensino da Marinha.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]