Arquidiocese de Gorizia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arquidiocese de Gorizia
Archidiœcesis Goritiensis
Localização
País Itália
Dioceses sufragâneas Diocese de Trieste
Estatísticas
Informação
Rito Rito romano
Criação da diocese 6 de julho 1751
Elevação a arquidiocese 27 de julho 1830
Padroeiro São
Governo da arquidiocese
Arcebispo Carlo Roberto Maria Redaelli
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
Contatos
Página oficial http://cattedrale.arcidiocesi.gorizia.it

A Arquidiocese de Gorizia, é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica na Itália, pertencente à Província Eclesiástica do Triveneto[1] (nordeste da Itália) e à Conferenza Episcopale Italiana

Em 2016 contava 171 mil batizados em uma população de 184 mil de habitantes,[1] e seu atual arcebispo è Dom Carlo Roberto Maria Redaelli.[1]

Território[editar | editar código-fonte]

A sua sé está na cidade de Gorizia. Da arquidiocese fazem parte 90 paróquias e da província eclesiástica faz parte a diocese sufragânea de Trieste[1]

História[editar | editar código-fonte]

A Arquidiocese foi erguida, como a Arquidiocese de Udine, em 6 de julho 1751, quando Papa Bento XIV, sob as pressõoes dos Hasburgo, suprimiu o Patriarcado de Aquileia. Depois de cuatro anos, a Diocese foi suprimida com a bula In universa Gregis Dominici, em 8 de março 1787. O território foi feito parte da nova diocese de Gradisca, porém a curia ficou em Gorizia.

Em 12 de setembro 1791 foi totalmente unida à Gradisca e a diocese assumiu o novo nome de Gorizia e Gradisca.

Voltou ter o tìtulo de Arquidiocese em 27 de julho 1830, e o nome atual em 30 de setembro 1986.

Cronologia da administração local[editar | editar código-fonte]

Arcebispos do sèculo XX:[1]

Referências

  1. a b c d e Cheney, David M. (2019). «Archdiocese of Gorizia». The Hierarchy of the Catholic Church. Consultado em 22 de julho de 2019. Cópia arquivada em 30 de março de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]