Assassin's Creed: Bloodlines

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Assassin's Creed: Bloodlines
Desenvolvedora(s) Ubisoft Montreal
Griptonite Games
Publicadora(s) Ubisoft
Produtor(es) Dan McAuliffe
Shawn Mulanix
Merric Shank
Projetista(s) Shawn Truesdell
Escritor(es) Darby McDevitt
Programador(es) Eli Ford
Scott Perras
Artista(s) Jack Scott Hill
Michael Wilcox
Série Assassin's Creed
Plataforma(s) PlayStation Portable
Lançamento
  • AN 17 de novembro de 2009
  • EU 20 de novembro de 2009
  • JP 23 de dezembro de 2009
Gênero(s) Ação-aventura
Furtivo
Modos de jogo Um jogador

Assassin's Creed: Bloodlines é um jogo eletrônico lançado exclusivamente para o portátil PlayStation Portable, e faz parte da série Assassin's Creed, ambientado entre os eventos do primeiro jogo da série e Assassin's Creed II. O jogo foi desenvolvido pela Ubisoft Montreal em conjunto com a Griptonite Games e publicado pela Ubisoft[1] em 17 de novembro de 2009 na América do Norte e 20 de novembro do mesmo ano na Europa.[2]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Assassin's Creed é um jogo de ação-aventura implementado com elementos de stealth, no qual o jogador primariamente assume o papel de Altaïr durante a experiência de Desmond, da mesma maneira que em Assassin's Creed. Ao contrário do spin-off anterior da série, Assassin's Creed: Altaïr's Chronicles, para Nintendo DS, o jogo trará uma jogabilidade semelhante ao jogo original, com a qual os jogadores serão capazes de percorrer um mundo aberto com jogabilidade não-linear, permitindo-os a andar pela ilha livremente. O elemento de stealth deste jogo pode ser alcançado ao manter-se fora da vista dos inimigos e misturando-se com o ambiente, utilizando esconderijos como carroças com feno, por exemplo.[3]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Assassin's Creed: Bloodlines se passa antes dos eventos de Assassin's Creed II, mas após os eventos do primeiro jogo da série. O jogo é ambientado na ilha de Chipre, onde os jogadores tomam o papel de Altaïr, o protagonista original da série. Altaïr saiu da Terra Santa (que foi o local do primeiro jogo) em direção a Chipre para assassinar os últimos remanecentes dos templários, o que é a premissa do jogo. O jogo será usado para explicar a conexão entre três personagens principais da série: Altaïr Ibn La-Ahad, Desmond Miles (descendente de Altaïr) e Ezio Auditore da Firenze (personagem principal de Assassin's Creed II).[3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Assassin's Creed: Bloodlines
Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.