Assassin's Creed: Irmandade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Assassin's Creed: Brotherhood
Assassin's Creed: Irmandade
Autor(es) Oliver Bowden
Idioma inglês
País  Reino Unido
Gênero Fantasia
Ficção histórica
Série Assassin's Creed
Editora Penguin Books
Lançamento 25 de novembro de 2010
Páginas 544
ISBN 9780241951712
Edição portuguesa
Tradução João Félix
Editora Saída de Emergência
Lançamento 16 de junho de 2011
Páginas 352
ISBN 978-989-637-340-5
Edição brasileira
Tradução Edmo Suassuna
Editora Galera Record
Lançamento março de 2012
Páginas 391
ISBN 9788501095749
Cronologia
Assassin's Creed: Renascença
Assassin's Creed: A Cruzada Secreta

Assassin's Creed: Irmandade (Assassin's Creed: Brotherhood no original) é um romance de fantasia histórica, escrito por Oliver Bowden, e baseado no universo de Assassin's Creed. É a sequência de Assassin's Creed: Renascença.[1]

Lançado em 2010 pela editora Penguin Books, o livro é a versão literária do jogo eletrônico Assassin's Creed: Brotherhood. Em 2011, sua continuação foi lançada, Assassin's Creed: The Secret Crusade, que, apesar de ser o terceiro livro da série, é uma prequela para Assassin's Creed: Renascença e conta na história de Altaïr Ibn-La'Ahad, protagonista do primeiro jogo da série. O livro foi lançado ainda no começo de 2012 no Brasil, pela editora Galera Record.[2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

"Eu Irei viajar até o coração negro de um Império corrupto para arrancar o mal pela raiz. Mas se Roma não foi construída em apenas um dia, também não será restaurada por um assassino solitário. Eu sou Ezio Auditore de Florença e essa é a minha Irmandade”.

No segundo volume da saga, o outrora poderoso Império Romano está diante do colapso e da ruína. A cidade enxama com o sofrimento e degradação, e seus cidadãos vivem à sombra da impiedosa família Bórgia. Somente um homem pode livrar o povo da tirania dos Borgia - Ezio Auditore, o Mestre Assassino e Mentor dos assassinos de aluguel. Para enfrentar inimigos tão poderosos, Ezio precisará contar, mais do que nunca, com o Credo dos Assassinos. Mas em tempos tão traiçoeiros, a conspiração espalhada por César Bórgia está em todo lugar, mesmo dentro da própria Irmandade...

Publicação[editar | editar código-fonte]

Assassin's Creed: Irmandade foi primeiramente publicado no Reino Unido em 2010 pela Penguin Books, sob o selo da Michael Joseph (companhia filiada), na versão brochura. Em 30 de novembro de 2010, o livro foi lançado nos Estados Unidos, sob o selo de outra companhia filiada da Penguin Books, a Ace Books.

No junho de 2011, a editora Saída de Emergência lançou o livro em Portugal.

No março de 2012, a editora Galera Record lançou o livro no Brasil.

Referências