Castelló de la Plana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Castellón)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a província, veja Castelló (província).
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2016). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Espanha Castelló de la Plana

Castellón de la Plana

 
—  Município  —
Plaça de la Independència o de la Farola, Castelló de la Plana.JPG
Bandeira de Castelló de la Plana
Bandeira
Brasão de armas de Castelló de la Plana
Brasão de armas
Localização de Castelló na Comarca da Plana Alta
Localização de Castelló na Comarca da Plana Alta
Castelló de la Plana está localizado em: Espanha
Castelló de la Plana
Localização de Castelló de la Plana na Espanha
Coordenadas 39° 58' N 0° 3' O
Comunidade autónoma Comunidade Valenciana
Província Castelló
 - Alcaide Alberto Fabra Part (PP) (2007)
Área
 - Total 107,5 km²
Altitude 30 m (98 pés)
População (2013)[1]
 - Total 180 185
    • Densidade 1 676,14/km2 
Gentílico: castellonense
Código postal 12001 - 12006
Sítio www.castello.es

Castelló de la Plana (em valenciano) ou Castellón de la Plana (em espanhol) é um município da Espanha na província de Castelló, Comunidade Valenciana. Tem 107,5 km² de área e em 2013 tinha 180 185 habitantes (densidade: 1 676,1 hab./km²).[1] . É a 4.ª cidade mais populosa da Comunidade Valenciana e o núcleo de uma área metropolitana com 309 420 habitantes.[quando?]

Toponímia e gentílico[editar | editar código-fonte]

A primeira referência ao topônimo do município nasceu graças à suposta relação de Castelló com a cidade ibérica de Cartalias, Castalias ou Castalium, que apareceu citada na geografia de Estrabão como o lugar de onde se colocaria a fonte das musas gregas.[2] Os primeros documentos que nomeiam o assentamento situado no cerro de la Magdalena, o fazem com os nomes de “Kastilgón“, “Castilgone ripa de mare” ou “Castilion”, que procedem da época da conquista aragonesa por parte de El Cid. Depois da definitiva reconquista cristã por parte de Jaime I, a primera denominação dada à nova vila foi a de Castelló de Burriana (Castelló de Borriana), pois Burriana era a principal localidade da zona e capital da região de La Plana. Posteriormente se adotou o nome Castelló de la Plana, para diferenciar de outras localidades também denominadas Castelló. Deste nome original, deriva a tradução ao castelhano "Castelló de la Plana". Castelló, em valenciano, significa "castelo pequeno" ou "castelinho" e plana significa "planície".

Na cidade é muito comum chamarem a cidade apenas de Castelló. Também é muito utilizada a alcunha de Capital de la Plana, fazendo referência à situação da cidade.

O gentílico castellonense é o oficial da cidade e da província.[3] O gentílicio oficial na língua valenciana é castellonenc para o masculino e castellonenca para o feminino.[4]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

O núcleo urbano de Castelló se encontra a poucos quilómetros do Meridiano de Greenwich. O município de Castelló conta com uma superfície de de 107,5 km² e se encontra na comarca da Plana Alta. Limita com os municípios de Borriol, Benicasim, L'Alcora, Almazora, Sant Joan de Moró (da Plana Alta) e Onda (da Plana Baixa). Ao leste, o município limita com o mar Mediterrâneo.

Noroeste: Borriol e L'Alcora Norte: Borriol e Benicasim Nordeste: Benicasim e Mar Mediterrâneo
Oeste: L'Alcora e Onda Rosa de los vientos.svg Leste: Mediterrâneo
Sudoeste Onda e Almazora Sul: Mediterrâneo e Almazora Sudeste: Almazora e Mediterrâneo

Relevo[editar | editar código-fonte]

A maior parte do município está inserida sobre o plano aluvial de la Plana, salvo uma pequena parte ao Noroeste ocupada por calcários. O lugar mais alto situa-se ao Norte, na Roca Blanca, com 609 m; também merecem destaques as montanhas do Racó de Raca, com 458 m, o Tossal de Llobera, com 353 m, o Tossal Gros, com 354 m, a Penyeta Roja, com 288m e a Muntanya Negra com 307m. Cabe destacar por seu simbolismo, o Tossal de la Magdalena con 111 m e que faz parte do Parque natural do Deserto de las Palmas.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

O rio Seco de Borriol nasce na vertente Oeste do Deserto de las Palmas e desce pelo Vale do Borriol. Posteriormente encaixa seu leito sobre o glacis quaternário da Plana, onde descreve uma grande curva pelo Oeste e Norte da cidade. Na parte Oeste do município encontra-se a Barragem de María Cristina e o leito do Córrego de la Viuda, que pouco depois desemboca no rio Mijares.

Economia[editar | editar código-fonte]

Castelló depende de dois setores: a indústria cerâmica e a construção civil. Seu porto, o Grau de Castelló, depende principalmente da pesca. O setor de serviços também é amplo.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Variação demográfica do município entre 1991 e 2008
1991 1996 2001 2008
138 489 142 285 147 667 177 924

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Padrón municipal: Cifras oficiales de población desde 1996 (em espanhol) www.ine.es Instituto Nacional de Estatística de Espanha. Visitado em 1 de janeiro de 2013.
  2. Ayuntamiento de Castelló de la Plana. "Ermita de Sant Francesc de la Font". Consult. 4 de mayo de 2008. 
  3. Diccionario de la Real Academia Española. "Gentilicio". DRAE. Consult. 24 de marzo.  Parâmetro desconhecido |añoacceso= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
  4. Acadèmia valenciana de la Llengua. "Gentilicio en valenciano" (PDF). Consult. 1 de octubre.  Parâmetro desconhecido |añoacceso= ignorado (|acessodata=) (Ajuda)
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Castelló de la Plana

Espanha | Comunidade Valenciana | Castelló

Lista de municípios de Castelló
Ícone de esboço Este artigo sobre Municípios da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.